Governo comprometido em trabalhar para que menos famílias se sintam desprotegidas e excluídas – ministro

Cidade da Praia l, 15 Mai (Inforpress) – O ministro da Família e Inclusão Social afirmou que as medidas adoptadas pelo Governo têm tido impacto “extremamente positivo” na vida dos cabo-verdianos e que vai continuar a trabalhar para que menos famílias se sintam desprotegidas e excluídas.

Fernando Elísio Freire fez estas afirmações em entrevista à Inforpress a propósito do Dia Internacional da Família que se celebra hoje, tendo aproveitado a efeméride para endereçar mensagem de esperança às famílias cabo-verdianas.

Destacou as acções levadas a cabo pelo Governo, que, a partir de 2016, lembrou, colocou o bem-estar e criação de condições por forma a melhorar a qualidade de vida dos cabo-verdianos e reduzir o nível da pobreza em Cabo Verde no centro das políticas de governação.

“O que nós enquanto Governo estamos a fazer é que todas as famílias cabo-verdianas possam estar incluídas, sejam famílias com igualdade de oportunidades, que seja uma família com uma perspectiva de futuro extremamente positiva e é neste quadro que estamos a trabalhar para permitir que todos possam ter acesso à educação, saúde emprego, cuidados e igualdade de oportunidades,”, declarou.

As acções do Executivo, de acordo com o governante, estão assentes em valores e princípios da honestidade, trabalho, sã convivência, que, a seu ver, são “importantes” para o desenvolvimento de uma sociedade.

Apontou o acesso à educação, isenção das propinas, o tratamento mais digno às pessoas idosas com o aumento da pensão social e o aumento do número de pensionistas, como ganhos concretos conquistados nos últimos anos.

Acrescentou ainda que graças às medidas do actual Governo foi dada uma atenção especial à questão das crianças com a criação de uma Rede Nacional de Creches, a universalização do pré-escolar, a generalização do acesso ao secundário.

Entretanto, reconheceu que ainda há desafios a serem ultrapassados, com destaque para a problemática do abandono escolar por parte de rapazes alunos que estão na criminalidade, tendo neste sentido afiançado que é preciso trabalhar cada vez mais para que Cabo Verde seja um país cada vez mais justo.

“As medidas que o Governo tem adoptado têm tido impacto extremamente positivo na vida dos cabo-verdianos. Os dados mostram isso, em 2015 o nível de pobreza era de 35,6%, em 2020 foi 26%, en 2021 tendo em conta a questão da pandemia aumentaram para 32% mas e ainda um valor abaixo dos 35% o que mostra que houve consistência de políticas”, asseverou.

“Todas as famílias não estão no mar de rosas, há dificuldades, há cabo-verdianos que passam necessidades e o nosso objectivo é de cada dia trabalharmos para que cada vez menos cabo-verdianos se sintam desprotegidos e todos se sintam realmente incluídos”, concluiu.

O Dia Internacional da Família é uma data comemorativa celebrada no dia 15 de Maio, sendo criada pela Organização das Nações Unidas como iniciativa a fim de debater questões relevantes para garantir o bem-estar das famílias em todo o mundo. A primeira vez que essa fata foi celebrada foi no ano de 1994.

CM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos