Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo aprova resolução que adopta novo modelo de divulgação  dos dados da covid-19

Cidade da Praia, 13 Nov (Inforpress) – O Conselho de Ministro aprovou o projecto de proposta de resolução que aprova a adopção de critérios unificados para classificar o estado de incidência da covid-19 no País, bem como o formato oficial de divulgação dessas estatísticas sanitárias.

Em conferência de imprensa hoje, na Cidade da Praia, o porta-voz do Conselho de Ministros, o ministro Carlos Santos, explicou que com essa medida pretende-se reforçar as medidas de prevenção para conter a cadeia de contágio do novo coronavírus.

“Depois de sete meses do primeiro caso positivo da covid-19, o País continua com um conjunto de desafios de domínios epistemológico e económico que obrigam o reforço de medidas de prevenção para conter a cadeia de contágio do novo coronavírus”, observou o ministro.

Avançou ainda que protocolos e procedimentos diversos já foram estabelecidos nos diferentes sectores de actividades económicas para o efeito.

Segundo o governante, pretende-se igualmente   uma “divulgação eficaz” de informação junto dos países europeus, “potenciais emissores de turistas”, utilizando um modelo “mais perceptível e similar às boas práticas internacionais”.

Esse modelo, informou Carlos Santos, adopta um figurino de tratamento das estatísticas da pandemia por ilha, sinalizando cada uma com uma cor, em função da incidência da doença no seu espaço.

“Essa informação passará a ser divulgada semanalmente através de uma newsletter. Este é mais um elemento de comunicação que o Governo está a implementar para facilitar a leitura internacional dos dados da covid-19 registado no País e potenciar o retorno de turistas”, apontou Carlos Santos.

O Governo aprovou igualmente o projecto de proposta de resolução que prorroga o estado de calamidade em Santiago e no Fogo por um período adicional de 30 dias, a partir de domingo, 15.

 

OM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos