Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Governo anuncia redução do IVA de 15 para 8% na electricidade e água a partir de 2022 (c/áudio)

Cidade da Praia, 20 Set (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, anunciou hoje a redução do Imposto Sobre Valor Acrescentado (IVA) dos 15 para 8 por cento (%) na electricidade e água com efeitos a partir de 2022.

Esta é, segundo Ulisses Correia e Silva, uma das medidas tomadas pelo executivo com o objectivo de mitigar o impacto da variação do preço de electricidade, que aumenta em mais de 30% a partir do mês de Outubro desde ano, e fazer face ao contexto de crise de pandemia da covid-19 que o país vive neste momento com impactos no rendimento das famílias e das empresas.

Para além da redução do IVA, Ulisses Correia e Silva anunciou ainda que a tarifa social de energia vai passar dos actuais 30% para 50%.

“Assim as famílias que beneficiam da tarifa social vão passar a pagar menos do que pagam actualmente. Protegemos assim os rendimentos das famílias mais pobres”, disse, apontando também para a majoração dos custos de electricidade e da água para as empresas com efeito no cálculo do imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas.

Conforme explicou, os níveis de majoração serão definidos em sede do Orçamento do Estado de 2022, cuja proposta deve ser apresentada à Assembleia Nacional nas próximas semanas.

“Trata-se de uma medida com impacto positivo nas empresas”, sustentou.

O reforço de incentivos às ligações domiciliárias de água, electricidade e esgoto para famílias que se enquadram nos requisitos exigidos para o acesso a tarifas sociais, investimentos através de fundo de ambiente no acesso domiciliário à água, casas de banho, redes de esgotos e fossas sépticas são outras medidas anunciadas pelo primeiro-ministro.

Ulisses Correia e Silva explicou que com estas medidas o Governo está a mitigar os efeitos dos aumentos das tarifas de electricidade, adicionar medidas para a redução de tarifas de água e investir no acesso à água, electricidade e esgoto em benefício das famílias mais pobres.

“São medidas que protegem os rendimentos das famílias, aumentam a inclusão energética e da água e reduzem os custos de factores nas empresas. Como aconteceu com os três anos de seca, como está a acontecer com a pandemia, como acontece agora com o choque energético, o Governo garante medidas de mitigação para reduzir os impactos sobre as famílias e sobre as empresas”, sustentou.

Segundo o chefe do Governo, essas medidas vão representar o montante de 614 mil contos de renúncia fiscal e investimentos em 2022.

A partir de 01 de Outubro entra em vigor nos preços de electricidade as tarifas a sofrerem actualização média em torno dos 30%, conforme Agência Reguladora Multissectorial de Economia (ARME).

Segundo o secretário de Estado das Finanças, Alcindo Mota, a actualização tarifária leva os preços para nível de 2019 e inferiores aos praticados entre 2012 e 2015.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos