Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

GEW: Mais de 150 actividades vão ser realizadas para inspirar pessoas a empreenderem nesse “novo normal”

Cidade da Praia 16 Nov (Inforpress) – Mais de 150 actividades serão realizadas em todas ilhas do arquipélago, no âmbito da Semana Global do Empreendedorismo (GEW, na sigla em inglês), que arrancou hoje, para inspirar as pessoas a serem empreendedores nesse “novo normal”.

A presidente da Associação dos Jovens Empresários (AJEC),  Lúcia Cardoso, uma das promotoras do evento, adiantou que durante a semana (16 a 22 Novembro) vão trabalhar no reforço da rede e fazer uma reflexão, sobre os impactos que a crise sanitária está a ter na vida das pessoas e do País.

“Portanto é inspirar os empreendedores, inspirar as pessoas que pretendem ou que talvez nunca pensaram em empreender e ver como podemos resistir e driblar toda esta crise que vai prolongando. Trata-se principalmente de fazer uma reflexão, de reforçar as nossas parcerias e de repensar em como nos podemos adaptar ao novo normal”, explicou.

Este ano, a GEW tem como lema “empreendedorismo, desafios e oportunidades em tempo de pandemia”.

Lúcia Cardoso disse acreditar que as oportunidades podem, sim, surgir no meio de uma pandemia, já que, conforme frisou, a crise tem o poder de fazer parar, mas traz consigo também outras necessidades, criando espaços para inovar e empreender.

“E são essas necessidades que os empreendedores têm que tentar colmatar. Porque há necessidades novas, como máscaras, álcool gel, surgiram várias outras necessidades tanto de serviços como de produtos. Temos é que pensar como é que vamos andar para frente, digitalizar os nossos negócios, é uma oportunidade porque na internet qualquer pessoa pode ser encontrada”, exemplificou, apontando para digitalização dos negócios como uma das soluções.

O importante, acrescentou a representante dos jovens empresários, é lançar mão de todas ferramentas que já existem ou existiam, mas que não eram tão consideradas ou utilizadas para dar “um passo em frente”.

“A palavra de ordem é resistir e adaptar (…) sabemos que as coisas estão complicadas neste momento, mas temos que avançar, ver de formas é que podemos encontrar novas formas de adaptação de negócios já existentes de criação de novos negócios para que possamos avançar e criar mais emprego, para que não se perca mais o que já se perdeu”, realçou.

Este ano, devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19, as actividades vão decorrer de forma presencial e online, um pouco por todo o País e a expectativa da AJEC é chegar a mais de 50 mil participantes.

A GEW é um evento mundial que acontece em 170 países e celebra os inovadores e geradores de emprego que impulsionaram o crescimento económico proporcionando o bem-estar para as suas populações.

Nas edições anteriores Cabo Verde conseguiu três prémios internacionais de reconhecimento pelo impacto nacional.

MJB/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos