Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Gestor da Cabo Verde Digital considera que utilização das redes sociais para promoção empresarial ainda é incipiente no País (c/áudio)

Cidade da Praia, 30 Jun (Inforpress) – O gestor da Cabo Verde Digital considerou que a utilização das redes sociais para promoção empresarial ainda é incipiente, mas sublinhou que o País tem dado passos neste sentido, com aparecimento de várias iniciativas de negócios online.

Milton Cabral fez esta consideração em entrevista à Inforpress, no âmbito da celebração do Dia Mundial das Redes Sociais, que se assinala hoje, 30 de Junho.

Conforme o responsável, as empresas ainda não conseguiram tirar vantagem do amplo potencial que as redes sociais detêm, mas que já se começa notar algumas empresas com presença mais consistente nas redes sociais, fazendo uso de alguns recursos que lhes permitem ter mais visibilidade.

Apontou que, com o contexto da pandemia, aquilo que se tem observado é o nascer de novos canais e muitas vezes potenciadas por jovens, que entraram em situações de desemprego, e resolveram apostar nas páginas de negócios, para promover produtos e serviços, utilizando as rendas sociais para venda.

Instado sobre as formas de uso das redes sociais, Milton Cabral revelou que a sua utilização depende daquilo que é a sua utilidade, referindo que hoje em dia as plataformas sociais, nomeadamente o facebook, o Instagram e outras ferramentas, são componentes fundamentais.

“São instrumentos que temos em mãos para nos relacionarmos com outras pessoas, numa perspectiva individual, mas também propagar a nossa mensagem e promover o nosso produto, numa visão empresarial”, adiantou.

Neste sentido, abordando o assunto a nível empresarial, disse que o impacto atinge um potencial brutal se utilizado de forma adequada e tirando partido das ferramentas e das funcionalidades que as redes sociais colocam à disposição das empresas.

“Podemos ter ganhos incríveis, porque essencialmente temos acesso a uma rede mundial de pessoas que respondem a qualquer tipo de perfil de negócios”, salientou.

Por outro lado, assinalou que empresa cujo público-alvo, por exemplo, seja a camada juvenil, facilmente consegue chegar a esta classe, obtendo informações sobre suas demandas e assim saber que conteúdos pode oferecer.

Contudo, Milton Cabral realçou que há ainda um longo caminho a ser feito, frisando a possibilidade de um manancial de tecnologias e de ferramentas que poderá ser utilizado para retirar o máximo daquilo que pode oferecer às redes sociais, por isso, reiterou, Cabo Verde tem feito o seu percurso.

HR/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos