Gastronomia: Brasil e Cabo Verde engajados na formação e capacitação de mão-de-obra especializada

 

Cidade da Praia, 29 Ago (Inforpress) – O embaixador do Brasil em Cabo Verde, José Carlos de Araújo Leitão disse hoje que a instituição que dirige e a Escola Hotelaria e Turismo de Cabo Verde estão engajados na formação e capacitação de mão-de-de-obra especializada no arquipélago.

O diplomata fez estas considerações durante a cerimónia de encerramento das actividades referentes à “Semana da Gastronomia Brasileira”, que decorreu de 25 a 29 de Agosto, na Cidade da Praia.

“A instituição que represento e a Escola Hotelaria e Turismo estão muito engajadas na formação e na capacitação de mão-de-obra especializada cabo-verdiana no Brasil”, afirmou frisando que os dois países têm aspectos gastronómicos muito comuns e parecidos devido à “grande influência” africana no Brasil.

Na ocasião, o diplomata recordou que Cabo Verde é o país que envia mais estudantes para frequentar as universidades brasileiras, e que no seu entender é um passo muito importante nas relações bilaterais entre os dois países, tornando assim a cooperação a nível da educação num patamar bem alto.

Realçou ainda a participação de Hernâni Morais, o primeiro aluno cabo-verdiano a frequentar o curso de gastronomia no Brasil, e disse esperar que outros estudantes cabo-verdianos sigam o exemplo deste jovem.

“A vinda e a participação do estudante cabo-verdiano na Semana da Gastronomia Brasileira em Cabo Verde, serviu ainda para demonstrar a sua experiência no Brasil, que é justamente descobrir, estimular e incentivar os pontos de contactos e comuns entre essas duas culinárias”, revelou.

Por seu turno, Hernâni Morais disse que optou por estudar gastronomia porque era algo que se encontrava na sua família e que desde pequeno teve sempre interesse e uma paixão para este ramo.

“Para trabalhar e estar ligado a este ramo, é preciso ter um bom conhecimento, rigor cientifico e pesquisa”, explicou, sublinhando que os cabo-verdianos não sabem aproveitar nem divulgar a rica gastronomia que têm.

A edição deste ano contou com a participação de especialistas da área, como Camila Pinheiro, formada em Gastronomia pela Faculdade Estácio de Sá e com Especialização em Culinária Italiana pelo Italian Culinary Institute for Foreigners, Antonino Messina do Hotel Il Griso (Lecco, Itália) e Roberta Sudbrack, professora do curso de Graduação em Gastronomia e Doutoranda em Ciências Nutricionais na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A Semana da Gastronomia Brasileira tem por objectivo celebrar a inter-relação gastronómica entre Cabo Verde e Brasil.

AV/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos