Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Futebol/Selecção: Organização garante “tudo pronto” para jogo Cabo Verde – Nigéria as 15:00

Mindelo, 07 Set (Inforpress) – A selecção nacional terá companhia dos mindelenses quando, as 13:20, deixar o hotel e rumar ao Estádio Adérito Sena, palco do jogo com a Nigéria, com a organização a garantir “tudo pronto” para o pontapé-de-saída às 15:00.

Com efeito, a solicitação nas redes sociais para uma arruada ao lado do autocarro da selecção, do hotel, na Praça Nova, ao estádio, já se concretizou, e espera-se “grande adesão” dos mindelenses à iniciativa.

O jogo Cabo Verde – Nigéria, da segunda jornada do Grupo C de qualificação ao Mundial’2021, no Qatar, principia às 15:00, mas sem público nas bancadas, por determinação da Confederação Africana de Futebol (CAF), em cumprimento das regras sanitárias internacionais.

Contudo, fonte da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) ligada à organização do jogo garantiu que vão estar cerca de 200 pessoas no estádio, divididas pelas duas selecções.

A Nigéria trouxe 40 apoiantes, dentro do estabelecido pela CAF, já a FCF distribuiu convites aos antigos futebolistas de São Vicente que foram internacionais, aos clubes (um bilhete, cada) para além dos 25 convocados, que têm direito a um convite cada, e algumas entidades nacionais e locais.

A mesma fonte disse ainda à Inforpress que da Nigéria chegaram cerca de 30 elementos afectos à comunicação social, e que está garantida a transmissão televisão, pela Televisão de Cabo Verde e pela Sport TV (Portugal), e radiofónica, pela Rádio de Cabo Verde (RCV) e estações nigerianas.

A selecção nacional efectuou na tarde de segunda-feira, 06, o último treino antes do jogo e o treinador Bubista e o atacante Ryan Mendes foram os porta-vozes do optimismo e promessa de “incessante procura” dos três pontosao longo dos 90 minutos.

“É nossa casa e, independentemente de quem seja o adversário, na nossa cabeça está sempre procurar os três pontos, fazer um bom jogo e vencer”, concretizou Bubista.

“Queremos ganhar o jogo, temos trabalhado para isso, demonstrado nos últimos jogos que temos um grupo forte, que pratica bom futebol, e estamos a contar com uma vitória, todos estamos concentrados cá estaremos preparados para lutar pelos três pontos”, disse, por seu lado, o atacante Ryan Mendes.

Em princípio, segundo o treinador, todos os futebolistas convocados estão aptos e o desejo da equipa técnica é que haja “máxima concentração e confiança”, e que os jogadores consigam exibir toda a sua qualidade e mostrar que Cabo Verde tem condições para procurar os três pontos, com qualquer equipa.

O jogo será arbitrado por um quarteto do Reino de Marrocos, e o treinador Bubista tem à sua disposição o seguinte leque de futebolistas convocados:

Guarda-redes: Vozinha (EL Limassol, Chipre), e Márcio da Rosa (Montalegre, Portugal) e Dylan Silva – Portimonense (Portugal).

Defesas:  Steve Furtado – Beroe (Bulgária), Claudio Tavares – União Santarém (Portugal), Dylan Tavares – Neuchatel Xamax (Suíça), Henrique Brito – Felgueiras (Portugal), Ianique Tavares ‘Stopira’ – MOL Vidi (Hungria), Carlos “Ponck” – Basaksehir (Turquia), Roberto Lopes – Shamrock Rovers (Irlanda), Lorenzo Fonseca – Académica (Portugal) e Kelvin Pires ‘Djack’ – AS Trencin (Eslováquia).

 Médios: M Kevin Pina – GD Chaves (Portugal), Marco Soares – Arouca (Portugal), Patrick Andrade – Qarabag (Azerbaijão), Helder Tavares – Voluntari (Romênia), Kenny Rocha – Oostende (Bélgica), Jamiro Monteiro – Philadelphia Union (Estados Unidos) e Telmo Arcanjo – Tondela (Portugal).

 Avançados:  Garry Rodrigues – Al-Ittihad (Arabia Saudita), Ryan Mendes – Al Nasr (Emirados Árabes Unidos), Vasco Lopes – Farense (Portugal), Willis Furtado – FK Jerv (Noruega), Vagner Dias – Metz (França) e Júlio Tavares – Al Faisaly (Arabia Saudita).

De acordo com o regulamento, os vencedores de cada grupo disputarão, em Março de 2022, um ‘play-off’ para as cinco vagas que o continente africano tem direito no Mundial de Futebol, que se realiza no Qatar.

AA//AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos