Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Futebol: “Selecção entra em campo com qualquer adversário sempre com o espírito de vitória” – seleccionador

Mindelo, 03 Set (Inforpress) – O treinador da selecção nacional avisou hoje que o grupo que lidera entra em campo perante qualquer adversário com espírito de vitória e que é assim que vai encarar o jogo de terça-feira, 07, com a Nigéria.

Pedro Brito, conhecido também como Bubista no meio futebolístico, falava à comunicação social, no Estádio Adérito Sena, em São Vicente, na tarde de hoje, minutos antes de dar início ao primeiro treino da selecção para preparar o jogo de terça-feira com a Nigéria, do Grupo C de qualificação africana para o Mundial’2022.

“Conhecemos o valor da Nigéria, pelo seu passado e presente e pelos futebolistas que tem, mas nós temos vindo a evoluir como equipa, e o que me deixa satisfeito é que este grupo entra em campo com qualquer adversário sempre com o espírito de vitória”, reforçou Bubista.

O técnico lembrou que no jogo de quarta-feira passada com a República Centro Africana (RCA) (empate 1-1) a selecção criou “muitas oportunidades para marcar”, conseguiu o golo, mas depois houve “uma desconcentração momentânea”.

“Mas a equipa fez um trabalho espectacular e uma vez que criámos várias oportunidades com a RCA temos confiança que faremos o mesmo com Nigéria e com qualquer outra selecção”, precisou o técnico.

“Já não temos o receio de ontem, hoje sentimos que podemos lutar de igual para igual com qualquer adversário”, reforçou.

Satisfeito com o regresso da selecção a ilha de São Vicente, Bubista manifestou “tristeza”, no entanto, pelo facto de não haver público nas bancadas no dia do jogo, por imposição da CAF, que é para ser cumprida.

Mas a ideia, concretizou o treinador, é levar a selecção a todas as ilhas no futuro, mesmo que seja para estágios.

Da parte dos futebolistas, Stopira, Henrique e Kenny Rocha manifestaram alegria pelo regresso da selecção a São Vicente, agradeceram o acolhimento e prometeram responder com uma vitória em campo.

Os três mostraram-se “motivados e empenhados” em “dar tudo” para trazer mais uma alegria aos cabo-verdianos, ou seja, uma vitória ante a Nigéria.

Aliás, o treino de hoje, por exemplo, foi aberto ao público, e antes do início dos trabalhos a selecção saudou os presentes, que corresponderam com uma salva de palmas.

No treino, os futebolistas foram divididos em dois grupos, um formado pelos mais utilizados no jogo de quarta-feira a fazer recuperação e a outra parte, que jogou menos, a receber “alguma carga física”. Foi também ocasião para a equipa técnica começar a passar as ideias-chave para o jogo com a Nigéria, a observação e o conhecimento do adversário para que todos uniformizem o pensamento com aquilo que é preciso fazer para alcançar a vitória, como referiu o treinador Bubista.

A selecção, que regista dois nomes no boletim clínico, que saíram lesionados do último jogo, volta a treinar este sábado, mas com sessão dupla, de manhã e à tarde.

Por outro lado, hoje ficou-se a saber que a Confederação Africana de Futebol (CAF) desautorizou a presença de público no jogo Cabo Verde – Nigéria, do Grupo C de qualificação africana para o Mundial’2022.

Decisão idêntica tinha sido assumida “em quase todos os outros jogos desta jornada dupla” de qualificação para o Mundial’2022, no Qatar. 

AA/CP

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos