Futebol/Inter-Ilhas: São Nicolau traça vitória no jogo de estreia como primeiro objectivo

Ribeira Brava, 04 Jul (Inforpress) – O capitão da selecção de São Nicolau disse hoje que o primeiro objectivo da sua equipa é vencer, ante a congénere de Santo Antão, o jogo de estreia da Taça de Independência (Inter-ilhas), que arranca esta sexta-feira.

Jairson Duarte fazia, em declarações à Inforpress, a antevisão da partida, marcada para arrancar as 15:00 desta sexta-feira, depois a cerimónia da abertura oficial desta festa do futebol, no Estádio Di Deus.

“Hoje, já nas vésperas da prova, estamos preparados. Estamos preparados físico e psicologicamente para tentarmos a vitória, que é o objectivo da equipa e o que São Nicolau espera de nós”, disse o defesa da selecção anfitriã da prova.

Segundo Jairson Duarte, a equipa de São Nicolau “está focada” em fazer um bom inter-ilhas.

“Sabemos que iremos ter uma luta em cada jogo, mas joga ao nosso lado o factor casa, apesar de nos dias de hoje, isso pouco importa no futebol, mas estaremos sempre focados na vitória”, acrescentou.

Por isso, prosseguiu o jogador afirmando que objectivo primeiro é vencer o jogo de estreia frente a Santo Antão.

“Depois vamos ver. São Nicolau não é um candidato ao título, sabemos disso porque a ilha nunca ganhou inter-ilhas, mas prometemos ganhar o jogo de amanhã e ir passo a passo”, reforçou.

Quanto ao apoio do público, o atleta de 32 anos, afirmou que as pessoas de São Nicolau gostam de futebol, e que, por isso, a equipa está a contar com um estádio cheio e com o “grande apoio” do seu público.

O segundo jogo da tarde, a contar para o Grupo A, de acordo com o calendário actualizado da prova, será entre as selecções de Fogo e Brava, a partir das 17:00, no Estádio Di Deus. Nesta ronda, no mesmo grupo, fica isento o colectivo da ilha do Sal.

A Taça Independência, prova da Federação Cabo-Verdiana de Futebol, realiza-se de 05 a 16 deste mês, nos dois concelhos de São Nicolau, Ribeira Brava e Tarrafal, e envolve as selecções regionais das nove ilhas habitadas do país mais a Diáspora, que nesta edição vai estar representada pelos Estados Unidos da América.

A prova enquadra-se nas actividades alusivas ao 44º aniversário da independência nacional, que se celebra a 05 de Julho.

As dez selecções estão divididas em dois grupos de cinco: o combinado de São Vicente, detentor da Taça Independência, vai defender o título integrando o Grupo B, juntamente com as selecções regionais da Boa Vista, Santiago, Diáspora (EUA) e do Maio. Os jogos deste grupo acontecem no Estádio Municipal de Orlando Rodrigues, em Tarrafal.

O Grupo A é constituído pelas selecções regionais de São Nicolau, Santo Antão, Sal, Fogo e Brava, e os jogos serão realizados na Ribeira Brava, no Estádio Municipal Di Deus.

São Vicente é a ilha com maior de títulos conquistados nesta competição, cinco, seguida de Santiago, com quatro troféus, ao passo que Sal e Fogo têm uma conquista cada nas 11 edições já realizadas.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos