Futebol/Fogo: Selecção de Santa Catarina goleia Botafogo e dá passo importante para conquistar torneio

São Filipe, 29 Abr (Inforpress) – A selecção de Santa Catarina do Fogo goleou na tarde/noite de domingo o Botafogo por 6-3, em jogo da primeira jornada do torneio quadrangular das festas do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe.

O combinado de Santa Catarina surpreendeu o Botafogo e chegou a ter quatro golos de vantagens, resultado com que terminou a primeira parte.

No segundo tempo, apesar da reacção do Botafogo esta equipa não conseguiu dar a volta ao resultado.

Graças a esta goleada, a selecção de Santa Catarina, que no dia 30 defronta a equipa do Vulcânico para a segunda jornada do torneio, disputado pelo sistema de pontuação, está em melhores condições para conquistar o troféu, bastando para isso um empate ou vitoria frente ao Vulcânico.

Na outra partida a formação do Vulcânico não foi além de um empate a um golo com a selecção dos Mosteiros, tendo o Vulcânico vencido no desempate por marcação de grandes penalidades por 4-3.

Hoje, realiza-se a fase final da prova de hipismo, a actividade que tem atraído maior numero de pessoas, apesar de alguns desacertos na organização, com a participação dos seis melhores cavalos apurados na primeira fase de corrida.

O sorteio realizado pela comissão organizada da prova, depois de conhecer os cavalos apurados permitiu agrupar os mesmos em duas series, sendo que a primeira é composta pelos cavalos Armando Cunha, Tripolia e Airley e a segunda pelos cavalos Anak, Lura e Criston, e após a realização das duas primeiras corridas serão realizadas várias outras para escolar a classificação do primeiro ao sexto lugares.

A segunda noite de festival na praça de Presidio, por seu lado, à semelhança da primeira, começou com mais de duas horas de atraso e quando o grupo local Fogo em Chama abriu a noite o espaço contava com algumas dezenas de pessoas pagantes, além do staff de segurança, saneamento, protecção civil e as pessoas das barracas de “comes e bebes”.

A tendência de fraca participação das pessoas nas actividades ficou patente e mesmo quando o Jay, segundo a actuar, subiu ao palco, o Presidio estava longe do seu habitual, sendo que a falta de novidades em termos de artistas de referencia e a pouca divulgação da programação são tidos como eventuais razões da pouca participação das pessoas.

Aliás apesar de a ilha ter registado maior numero de pessoas vindas de fora, da emigração e de outras ilhas, isto não reflectiu, pelo menos nos dois primeiros dias na participação das actividades, e isso foi visível nos restaurantes e bares e na parte envolvente do Presidio, desde Alto São Pedro, passando pela pracinha junto da Académica e noutros espaços, com fraca movimentação de pessoas.

Para hoje, além da final da prova de hipismo, destaca-se a continuação do pilão (terceiro e ultimo dia deste ritual), a entrega de algumas habitações sociais no interior do município e a terceira noite de festival com os grupos Maybach Gang (São Filipe), Cordas do Sol, Khaly Angel e Elji.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos