Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Futebol/Fogo: Menos de metade dos clubes oficiais inscritos na plataforma Cabo Verde Connect

São Filipe, 13 Nov (Inforpress) – Apenas oito dos 22 clubes oficiais do primeiro e segundo escalão da região desportiva da ilha do Fogo já se encontram inscritos através da plataforma Cabo Verde Connect para a época futebolística 2020/2021.

Os clubes que já se inscreveram são todos do município de São Filipe, pelo que os dos Mosteiros e de Santa Catarina não fizeram a inscrição para época, cujo prazo terminou a 31 de Outubro, incluindo a prorrogação de 30 dias sobre a data inicialmente definida.

A informação foi avançada à Inforpress pela Associação Regional de Futebol do Fogo e dá conta que dos oito clubes inscritos, que representa 36 por cento (%) dos clubes oficiais, cinco são do primeiro escalão e três do segundo escalão.

Do primeiro escalão estão inscritos ABC de Patim, Botafogo, Spartak, Valência e Vulcânico, todos de São Filipe, ficando de fora as equipas da Académica e Nova Era (São Filipe), Cutelinho e No Pintcha (Mosteiros) e Baxada (Santa Catarina do Fogo).

A nível do segundo escalão estão inscritas as equipas de Atlântico, Juventus de Curral Grande e União de São Lourenço, todos do município de São Filipe.

Em relação ao segundo escalão não se inscreveram Brasilim, Juventude e Luzabril (São Filipe), Atlético e Grito Povo (Mosteiros) e Desportivo, Esperança, Parque Real e Pavense (Santa Catarina do Fogo).

O projecto Cabo Verde Connect provém da  plataforma FIFA Connect, que, desenvolvida pela FIFA, visa dotar todas as federações de meios de comunicação e “sistemas modernos de interacção”, através de uma rede informática que gere todas as situações ligadas a gestão do futebol, desde o processo de inscrição e registo dos atletas e demais agentes desportivos, gestão das competições e outras actividades afins, explicou a Federação Cabo-verdiana de Futebol no seu sítio, na Internet.

Assim, desde o dia 01 de Setembro os clubes passaram a inscrever os jogadores e o staff técnico nas respectivas associações regionais, através da plataforma Cabo Verde Connect.

A justificação avançada por alguns dirigentes dos clubes do Fogo que não se inscreveram na plataforma Cabo Verde Connect é que dada a situação da pandemia que se vive no País e na ilha, “dificilmente será organizada esta época 2020/2021 as provas regionais”, nomeadamente o campeonato regional, e por isso optaram pela não inscrição.

Para alguns a realização das provas, nas circunstâncias actuais, implica a realização de testes semanais aos jogadores e dirigentes das equipas, staff da associação e árbitros para a realização dos jogos.

Os mesmos apontam que as equipas não dispõem de condições financeiras para suportar a realização semanal dos testes e não acreditam que a Associação, a Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) ou outras instituições estejam em condições de assegurar a realização de testes semanais aos jogadores, dirigentes e outros agentes desportivos para a realização dos jogos.

Posicionamento contrário tem os dirigentes das equipas inscritas que estão optimista quanto a realização das provas regionais, ainda que sem público e com as limitações necessárias impostas pelas autoridades sanitárias.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos