Futebol Feminino: ADEC (Calheta) e Llana (Sal) são finalistas do campeonato nacional

Santa Cruz, 01 Set (Inforpress) – As equipas da ADEC, da Calheta, e da Llana, do Sal, apuraram-se para a final do campeonato nacional de futebol feminino ao vencerem os jogos das meias-finais, disputados no Estádio 25 de Julho, em Santa Cruz.

Para isso, as representantes de Santiago Norte, bateram o Mindelense por 1- 0, golo solitário apontado, aos 20 minutos, por intermédio de Ticha, após jogada individual dentro da grande área adversária, para o júbilo dos adeptos micaelenses.

No final da partida, o treinador da ADEC, Carlos Barros, disse que a sua equipa foi melhor durante boa parte do jogo e garantiu que chega a esta final inédita com o objectivo de se sangrar campeão de Cabo Verde.

Por sua vez, Gust, técnico do Mindelense criticou a equipa de arbitragem, apontando que foi “tendenciosa e que não deixou a sua equipa jogar.

Na segunda meia final, a atacante Silvana marcou de grande penalidade, ainda na primeira parte, o tento que deu às salenses o passaporte para a terceira final consecutiva.

Os Sevens Stars, que faziam a defesa título, ficaram assim arredadas da final e falham o bi-campeonato (dois títulos consecutivos).

O treinador do Llana, Artur Estrela, disse à Inforpress que foi uma vitória da “união e sacrifício” e apontou que quer vencer a final contra a ADEC, que foram suas adversárias na fase de grupo, num jogo que terminou empatado a zero.

Por seu lado, o técnico dos Seven Stars, Jimmy Barros, disse que a sua equipa não entrou bem no jogo e assumiu a responsabilidade pela derrota.

A final acontece sábado, 03, no estádio 25 de Julho, em Santa Cruz, que também foi palco na final-four e da final da Taça de Cabo Verde em masculinos.

A ADEC chega pela primeira vez a uma final, enquanto que o Llana procura o segundo título nacional, depois do ceptro conquistado em 2018.

OM/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos