Fragata “Álvares Cabral em Cabo Verde para o reforço de cooperação no domínio de defesa

Cidade da Praia, 06 Fev (Inforpress) – A fragata da marinha portuguesa “Álvares Cabral” está em Cabo Verde para o reforço da cooperação, contribuindo para a capacitação no âmbito da segurança marítima e no apoio ao combate às actividades ilícitas no mar.

Segundo um comunicado de imprensa da Embaixada de Portugal em Cabo Verde, o navio da República Portuguesa esteve atracado no porto de Mindelo no período compreendido entre 29 de Janeiro e 01 de Fevereiro, onde se destacam as acções de treino nas áreas médica, da segurança da navegação, busca e salvamento marítimo, vigilância marítima, limitação de avarias, protecção de um navio no porto e técnicas de abordagem a partir do mar.

Também ao nível da componente anfíbia, avança a mesma fonte, foram conduzidos diversos treinos conjuntos entre as forças de fuzileiros dos dois países, onde se inclui o tiro de combate, salientando que após o treino em terra, a força de fuzileiros portuguesa, em conjunto com 29 fuzileiros nacionais, foram projectados a partir da fragata Álvares Cabral para a praia de S. Pedro, tendo efectuado um raid anfíbio nocturno.

De acordo com a nota, a fragata portuguesa encontra-se a navegar nas águas da Zona Económica Exclusiva (ZEE) da República de Cabo Verde, a apoiar a realização de acções de fiscalização marítima levadas a cabo por elementos da Policia Judiciária, Policia Marítima e Inspecção de Pescas de Cabo Verde, para detecção de actividades ilícitas no mar.

A fragata da Marinha portuguesa “Álvares Cabral”, em missão de cooperação no domínio da Defesa com a República de Cabo Verde, tem levado a cabo nos últimos dias diversas acções de treino e cooperação com as Forças Armadas de Cabo Verde.

O NRP Álvares Cabral visita a cidade da Praia de 06 a 08 de Fevereiro, de forma a dar continuidade às acções planeadas de cooperação no domínio da Defesa.

À bordo do navio encontram-se igualmente embarcados fuzileiros e estagiários da Guarda Costeira.

O navio da marinha portuguesa é comandado pelo capitão-de-fragata Alexandre Santos Fernandes e tem embarcado 159 militares, incluindo o Comandante da missão Mar Aberto, capitão-de-mar-e-guerra Nuno Noronha Bragança, uma equipa de fuzileiros, uma equipa de mergulhadores e uma equipa médica.

CM/JMV

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos