Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Forte dispositivo de segurança domina visita de delegação norte-coreana ao Sul

 

Seul, 22 Jan (Inforpress) – Um forte dispositivo de segurança está a dominar a visita de uma delegação norte-coreana à Coreia do Sul, destinada a preparar a participação do Norte nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em Fevereiro.

Protegido por um forte contingente policial, o grupo de artistas norte-coreanos viajou hoje num comboio de alta velocidade desde Gangneung, uma cidade na costa nordeste da Coreia do Sul, que será uma das sedes dos Jogos, até Seul, informou a agência sul-coreana Yonhap.

A orquestra norte-coreana Samjiyon, com cerca de 140 membros, realizará concertos nas duas cidades durante os Jogos.

Hoje, a delegação de sete membros deverá visitar diferentes auditórios de Seul, capital sul-coreana, antes de regressar à Coreia do Norte.

O grupo é chefiado por Hyon Son-wol, a líder do grupo Moranbong – a banda norte-coreana mais popular e promovida pelo líder Kim Jong-un – e da orquestra Samjiyon, criada especificamente para os Jogos de Inverno, que arrancam a 09 de Fevereiro no condado sul-coreano de PyeongChang.

A visita atraiu muito a atenção de meios e cidadãos sul-coreanos, que se reuniram à volta do hotel de Gangneung onde a delegação ficou hospedada.

À saída do hotel, a imprensa questionou Hyon Son-wol – sobre quem existem rumores de ter sido namorada do líder norte-coreano – sobre o pequeno-almoço, mas a mulher manteve-se em silêncio, tal como tem feito durante toda a viagem, sempre que os jornalistas lhe fazem alguma pergunta.

Cerca de 200 activistas concentraram-se numa estação de comboio da capital e, à passagem da delegação, pegaram fogo a uma grande fotografia de Kim Jong-un, mas a polícia apagou as chamas com extintores.

O comboio em que viajou o grupo teve uma forte escolta, que impedia que alguém se aproximasse, e as persianas da carruagem onde seguiam Hyon e o resto dos representantes norte-coreanos permaneceram fechadas durante o trajecto.

A viagem desta comitiva de cidadãos norte-coreanos, a primeira ao Sul desde a chegada ao poder do Presidente, Moon Jae-in, em Maio passado, ocorre na sequência de acordos alcançados entre os dois países após reuniões de alto nível realizadas no início do mês.

Depois de dois anos sem encontros e com uma tensão crescente devido aos testes nucleares de Pyongyang, as duas Coreias, que tecnicamente se mantêm em guerra há mais de 65 anos, acordaram a participação do Norte nos Olímpicos e manter no futuro diálogos a nível militar para evitar problemas na fronteira.

Com base nestes acordos, uma delegação sul-coreana visitará a partir de terça-feira o Monte Kumgang, na Coreia do Norte, e a estação de esqui de Masikryong, onde está previsto que se realizem iniciativas culturais e treinos desportivos conjuntos.

Lusa

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos