FA querem materializar directiva estratégica para projectar as ilhas com presença de militares

Cidade da Praia, 28 Nov (Inforpress) – As Forças Armadas (FA) de Cabo Verde pretendem implementar uma directiva estratégica a longo prazo de modo a projectar as ilhas com presença de militares, revelou hoje a instituição castrense.

O anúncio foi feito pelo chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, António Duarte Monteiro, após a apresentação do documento elaborado no âmbito da sua primeira visita aos comandos e serviços das Forças Armadas, na Cidade da Praia.

O contra-almirante ressaltou, no entanto, que para fazer face aos objectivos preconizados nesta directiva, o documento vai ser “socializado” com o Governo para serem contabilizados e orçamentados os meios necessários para a sua implementação.

“Sabemos que a aquisição dos meios aéreos e navais custa muito (…), portanto é uma questão de o Governo definir as prioridades e calcular os meios orçamentados para fazer face às ameaças que temos no dia a dia”, precisou.

No entanto, António Duarte Monteiro apontou que um dos grandes desafios das Forças Armadas é a recuperação dos meios navais cuja maior parte, conforme o responsável, encontra-se “inoperacional”.

“Já estamos a trabalhar neste desígnio e vamos ter que fazer um esforço financeiro bastante acentuado para que possamos recuperar os meios navais que nós temos neste momento”, apontou o contra-almirante, garantindo que com os meios navais operacionais as Forças Armadas vão dar respostas às ameaças no espaço marítimo cabo-verdiano.

Para isso, acrescentou, Cabo Verde conta também com a cooperação dos meios navais dos países amigos, bem como com a colaboração de outras instituições nacionais com responsabilidades partilhadas neste domínio.

Em relação aos meios aéreos o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas informou que está em processo a aquisição de um avião, “conforme o membro do Governo para a pasta da Defesa”.

“Estamos a trabalhar para que quando o avião for adquirido estejamos em condições de o operacionar o quanto antes possível”, garantiu.

OM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos