Forças Armadas: Conselho Superior de Comandos reúne-se no Estado Maior

Cidade da Praia, 13 Fev (Inforpress) – O Conselho Superior de Comandos das Forças Armadas (CSC) reúne-se de hoje a 15 do corrente, no Estado Maior, na capital, num encontro alargado aos directores de serviço e equiparados, sob o lema “52 anos, ao serviço da Nação”.

Presidido pelo Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, major-general Anildo da Graça Morais, o Conselho Superior do Comando irá proceder-se ao balanço do ano transacto, perspectivar o ano em curso e proporcionar aos participantes momentos de troca de informações sobre os diferentes comandos e serviços das Forças Armadas.

Esta vai ser a oportunidade, também, para se debruçar sobre os relatórios de actividades de 2018, neste encontro que vai contar com a participação do comandante da Guarda Nacional, dos comandantes da Primeira, da Segunda e da Terceira Região Militar, respectivamente São Vicente, Sal e Praia, os comandantes de Unidade de Operações Especiais, da Guarda Costeira, da Esquadrilha Naval, da Esquadrilha Aérea e do director do COSMAR.

Integram ainda o CSC o inspector, o comandante do pessoal e seus directores, os responsáveis pela logística, o presidente da Fundação Social, o director do Centro do Planeamento Estratégico Militar, responsáveis de Informações, da Escola Militar e director dos Serviços de Apoio Geral do Estado Maior das Forças Armadas.

O tenente Silmar Silva avançou à Inforpress que o CSC se realiza anualmente, em Fevereiro, e que o lema escolhido para este ano tem o propósito de assinalar o 52º aniversário das Forças Armadas, comemorados a 15 de Janeiro último.

Referiu que a logística “já está tudo a postos” para o inicio dos trabalhos às 09:00 desta quarta-feira, sendo que os participantes que residem fora da Cidade da Praia já se encontram na capital para que tudo possa decorrer na maior da normalidade.

O CSC realiza-se numa altura que a instituição militar cabo-verdiana tem vindo a reforçar a sua estratégia, tendo sido contemplada, recentemente, com um conjunto de equipamentos militares oferecido pelo Governo do Grão-Ducado do Luxemburgo.

Os equipamentos, ao que apurou a Inforpress, foram transportados pela Marinha Portuguesa Álvares Cabral, no quadro da cooperação trilateral Cabo Verde-Luxemburgo-Portugal, cuja declaração foi assinada em Agosto de 2018, na Cidade da Praia, pelos ministros da Defesa dos três países.

Internamente, o capitão Nilton Jorge Barros foi elevado ao cargo de director dos Serviços de Apoio Geral do Estado-Maior das Forças Armadas, ao passo que o capitão-de-patrulha José Mário Tavares foi condecorado com a Medalha de Serviços Relevantes de 1ª Classe.

SR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos