Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Força Marítima Europeia realiza exercícios com a Guarda Costeira cabo-verdiana e Marinha da Mauritânia

Cidade da Praia, 06 Jul (Inforpress) – A Força Marítima Europeia, também designada por Força Marítima Multinacional, “Euromarfor” está em Cabo Verde até domingo, 08, para realizar exercícios navais com a Guarda Costeira cabo-verdiana e com a Marinha da Mauritânia.

Segundo uma nota do Ministério da Defesa, trata-se de uma missão, enquadrada no âmbito do Multi-cooperative Exercise 2018, que consiste num conjunto de exercícios e actividades de demonstração de capacidades integradas em ações combinadas.

“O exercício tem por objectivo a promoção e o incremento da cooperação entre esta força naval europeia e a Guarda Costeira cabo-verdiana, através de exercícios agrupados no mar e demonstração de capacidades no porto, focado em operações marítimas, com a finalidade de treinar procedimentos para fazer face aos desafios actuais de segurança internacional”, esclarece o ministério.

O treino naval será liderado pela fragata “Corte-Real” da Marinha Portuguesa, que irá assumir a função de navio-chefe, e contará ainda com os navios “ITS Sirocco”, da Marinha Italiana, e “SPS Canarias”, da Marinha Espanhola, explica o site do Estado-Maior- General das Forças Armadas de Portugal.

Para esta sexta-feira, acrescenta o documento, está prevista uma visita ao Porto da Praia enquadrada neste exercício e a realização de actividades de treino e formação da Guarda-Costeira e Fuzileiros de Cabo Verde, liderado pelo destacamento de mergulho da Fragata Corte-Real da Marinha Portuguesa.

Está programado ainda um treino de Limitação e Prevenção de Avarias e Socorrismo para Equipa da Guarnição do navio patrulha “Djeu”, de Cabo Verde.

Para além disso, haverá “uma simulação de ameaça de um engenho explosivo na estrutura do cais do Porto da Praia junto da “Euromarfor e uma simulação de aproximação de um barco suspeito de ataque terrorista, accionando resposta a ambas as ameaças”, refere ainda o “site”.

Já no último dia, 08 de julho, será realizado um exercício de abordagem não consentida (sem oposição), bem como um exercício SAR (Search And Rescue) pelos navios que participam no Multi-cooperative Exercise 2018.

A “Euromarfor” foi criada em 1995 pela Espanha, França, Itália e Portugal, para cumprir as missões definidas na Declaração de Petersberg, nomeadamente o controlo do mar, missões humanitárias e operações de manutenção da paz e de resposta a crises, patrulhamento marítimo, remoção de minas, entre outros.

O comando desta Força Marítima Europeia é atribuído rotativamente aos países constituintes.

Neste momento, é liderado pelo comandante naval português, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, que desempenha essas funções desde de 19 Setembro de 2017 por um período de dois anos.

CD/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos