Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

‘Food Bank Of Cape Verde’ é um dos vencedores do Startup Weekend online contra covid-19

Mindelo, 04 Mai (Inforpress) – O projecto ‘Food Bank of Cape Verde’ foi um dos vencedores do Startup Weekend Online realizado de 01 a 03 pela Cheetah Start, e que pretendia reunir ideias de negócio para combater a covid-19.

A primeira edição online do Startup Weekend, que terminou na noite deste domingo, reuniu, segundo o director executivo da Cheetah Start, Samir Pereira, 400 empreendedores  e apresentou uma “dinâmica diferente com um evento totalmente online, focado no desenvolvimento de soluções” para problemas causados pela covid-19.

“Apesar de algumas dificuldades causadas pelo acesso deficiente ainda à conexão de Internet, os cerca de 400 participantes, residentes no país e na diáspora, puderam reunir-se em um único evento”, avançou o responsável, adiantando que o evento contou com a participação de outras nacionalidades, como brasileiros, nigerianos e indianos.

E o projecto ‘Food Bank of Cape Verde’, um dos vencedores e “um exemplo” dessa mistura, já que envolve, além de cabo-verdianos, membros nigerianos e moçambicanos.

Ao todo dez jovens que pretendem, através de uma plataforma virtual, ajudar pessoas mais carenciadas em Cabo Verde e que foram ainda mais afectadas pela pandemia, explicou a líder do grupo Cândida Cabral, à Inforpress.

“A ideia é juntar um grupo de voluntários para ajudar a entregar bens de primeira necessidade a essas pessoas que passam por dificuldade, já que sabemos que muitas pessoas aqui em Cabo Verde são do sector informal e agora são obrigadas a permanecer em casa sem ter um rendimento”, sublinhou.

Cândida Cabral assegurou que pretendem colocar em prática essa ideia com a ajuda de parceiros e doacções, a que as pessoas podem ter acesso com a devida certificação dessa necessidade.

Entre os vencedores está ainda o projecto ‘House School’ de cinco jovens de São Vicente e Santiago, que pretendem criar um aplicativo, que permite ao professor criar turmas online e ministrar aulas como se fosse numa “aula normal presencial”, asseverou o responsável do grupo, Rony Wahnon.

“Os professores podem enviar pdf das aulas, marcar dias de testes, dar aulas lives, fazer jogos de interacção de Coeficiente de Inteligência, colocar vídeos da matéria e até os pais podem ter acesso”, lançou  o jovem, acrescentando estarem à procura de desenvolver a ideia, inclusive buscando a parceria do Ministério da Educação.

Na área da saúde, o vencedor foi o projecto Espaço Vida, que através de uma plataforma online oferece possibilidade de consultas, também online, com psicólogos, nutricionistas e terapeutas a aqueles que não puderam dar continuidade às sua consultas ou então que neste momento tiveram “algum estresse” devido à pandemia e isolamento social, assinalou a responsável e também mentora do projecto, Cláudia Miranda.

“Não sabemos quando é que essa pandemia vai acabar e por isso pretendemos ganhar a confiança e consciencializar as pessoas para essa alternativa, que é uma prática segura de promoção e prevenção da saúde”, disse a mesma fonte, com a ideia de, nos próximos tempos, expandir para outras especialidades.

Do grupo de 20 finalistas, como adiantou Samir Pereira, saíram vencedores mais outros três projectos, Sucupira Virtual, Mapeamento Virtual e Noz Merkadu, e ainda atribuído um prémio de honra à Shield 3D, que produz Equipamentos de Protecção Individual (EPI), recorrendo à impressão 3D.

“Além dos prémios oferecidos pelos padrinhos de cada área, os projectos vencedores ganham a participação num Bootcamp de Inovação, oferecido pela Cheetah Start, o apoio da Pró Empresa no desenvolvimento dos seus produtos e a preparação para mobilização de fundos, oferecido pela consultora internacional, a Pitchdrive”, garantiu a mesma fonte.

A iniciativa conta com a parceria do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

O Startup Weekend é um evento internacional que se realiza em mais de 150 países, apoiado pela Google for Startups.

A Cheetah Start é uma ONG que tem realizado actividades em todas as ilhas do país, procurando estimular o empreendedorismo e a inovação, de modo a facilitar a criação de novos negócios e a inovação em negócios existentes buscando como resultado o aumento do rendimento de empreendedores e a geração de empregos locais.

LN/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos