Search
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Economia
Internacional
Desporto
Politica
Sociedade

Fogo: Taxistas de São Filipe iniciam formação financiada pelo Fundo de Sustentabilidade Social para o Turismo

São Filipe, 13 Nov (Inforpress) – O Centro de Emprego e Formação Profissional Fogo/Brava iniciou segunda-feira um curso de formação destinado aos taxistas de São Filipe com financiamento do Fundo de Sustentabilidade Social para o Turismo.

A formação decorre no período pós-laboral, a partir das 18:00 e com uma carga horária de três horas/dia, incidente nas áreas de inglês, francês e do atendimento/acolhimento aos clientes.

Para ministrar a formação o Centro de Emprego e Formação Profissional celebrou um acordo com o Fundo de Sustentabilidade Social para o Turismo, sendo que os taxistas apenas pagam uma taxa de inscrição de mil escudos.

O primeiro dia da acção de capacitação contou com a fraca participação dos taxistas, muitos dos quais ainda não se inscreveram na formação.

Enquanto isso, os condutores de hiaces da ilha do Fogo reúnem-se nas instalações do Centro de Emprego com o objectivo de formar uma associação para defender os seus interesses e analisar algumas situações que os preocupam neste momento.

Um dos aspectos que vários condutores e proprietários de hiaces reclamam é a “proibição” de deixarem ou apanharem pessoas no aeródromo de São Filipe, ainda que sejam familiares ou grupos de turistas a pedido de unidades turísticas, tendo um dos condutores afirmado que foi aplicado uma coima de cinco mil escudos por ter ido buscar um familiar que chegava num dos voos e que ia para a casa dele [condutor].

Além desta situação em concreta, os condutores e proprietários de hiaces vêm na criação da associação uma forma de estarem mais organizados e poderem assim reivindicar algo que não está a decorrer de melhor forma junto das autarquias, Polícia Nacional e outras instituições na ilha.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos