Fogo: Reabilitação do sobrado e da casa de campo de Cerrado do Sul é um estudo e exemplo para privados – Abraão Vicente

São Filipe, 09 Ago (Inforpress) – O ministro da Cultura e Indústrias Criativas (MCIC) disse sábado que os trabalhos de reabilitação/restauro do sobrado em São Filipe e da casa de campo de Cerrado do Sul constitui um estudo e exemplo para os privados.

Abraão Vicente que presidia a inauguração do Fogo fitness, situado na localidade de Cerrado do Sul, interior do município, a sete quilómetros da cidade, ocupando uma área de aproximadamente 70 hectares (67.7 hectares), a uma altitude de 600 metros e que constitui uma das componentes do empreendimento agro-turístico “Harmattan Eco-Lodge” da Zebra Group, reconheceu que os trabalhos de reabilitação patrimonial que o casal está a fazer é um exemplo no sector privado.

Segundo Abraão Vicente, o trabalho realizado no sobrado de São Filipe e o que se está a fazer na casa do campo do Cerrado do Sul, em que todos os elementos históricos e toda a identidade ligada à casa estão a ser mantidos assim como é a história, é “algo extraordinariamente excepcional”.

O governante que teve o privilégio de visitar o empreendimento e ouvir a visão dos empreendedores, indicou que isso representa aquilo que sempre foi Cabo Verde, com uma mistura de cultura/mentalidade com a resiliência e vontade de fazer coisas, sublinhando que “o mundo é de quem faz as coisas acontecerem”.

A abertura do ginásio no meio da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus deixa entender que os investidores não vêem barreiras e obstáculos e estão a fazer aquilo que todo mundo está a fazer que é diversificar para atrair a clientela nacional.

Presente na cerimónia de inauguração do ginásio, o presidente da câmara de São Filipe, Jorge Nogueira, afirmou não estar surpreendido com o investimento e os trabalhos realizados para desenvolvimento de vida económica, social e empresarial do município e da ilha, dado a capacidade dos mesmos, salientando que nem a crise está a amedrontá-los e têm confiança para continuar a inovar.

O autarca que, segundo ele, sempre acompanhou os investimentos do grupo, indicou que hoje as condições estão reunidas para continuar os investimentos, já que alguns dos graves problemas estão a ser ultrapassados, nomeadamente a questão da água e electricidade, mas também a nível de saúde.

O empreendimento agro-turístico Harmattan Eco-Lodge, segundo a presidente do conselho de administração, Luísa Jorgensen, tem uma forte componente cultural e histórica, tendo nascido da reestruturação da antiga casa rural, construída no século XVII, e devido a pandemia do novo coronavírus, toda a programação da sua implementação foi alterada.

Morten Vicent, promotor da iniciativa, indicou que o empreendimento “Harmattan Eco-Lodge” tem quatro áreas diferentes, nomeadamente a de produção agrícola e transformação, hotelaria e alojamento, imobiliária turística, o ginásio e zona público que vai contar com campos para basquetebol e futsal, piscinas (três), restaurante, espaços para banho, roupa e sauna.

Segundo o mesmo, a partir de Outubro vai-se abrir um cinema ao ar livre com capacidade para 400 pessoas, prevendo para mais tarde a construção de uma sala de conferência com capacidade para 300 lugares, um jardim botânico tropical que terá mais de uma centena de tartarugas de água doce e outras espécies exóticos de animais como crocodilo, papagaio e plantas para beneficiar a população local e permitir que tenha um conhecimento de algo diferente.

Este indicou que a empresa, devido a pandemia, está à procura de outros desafios para ultrapassar a situação e manter até que a situação normalize, observando que Zebra Group está a diversificar o seu portefólio e que deverá voltar, também, para o mar e pretende construir em Cabo verde um barco inteligente de 15 metros e que navega com energia solar.

Todo o projecto que vem sendo implementado há pelo menos uma década, está localizado na zona de Cerrado do Sul, na casa e propriedade que pertencia à família de Abílio Macedo, proprietário do emblemático sobrado situado na parte alta da cidade de São Filipe, conhecido como sobrado de Abílio Macedo, hoje “the colonial guest house” (a casa de hóspedes colonial).

Recorda-se que parte do filme Ilhéu de Contenda do realizador cabo-verdiano Leão Lopes, baseado na obra literária com o mesmo nome, do escritor e médico foguense, Henrique Teixeira de Sousa, rodado na década de 90 do século passado, decorreu na casa rural de Cerrado do Sul e no emblemático sobrado da parte alta da cidade de São Filipe (Bila Riba).

JR/DR
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos