Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Projecto Terra de Valor prevê trabalhar  cadeias de valor horto-fruticultura e lacticínios

São Filipe, 28 Jan (Inforpress) – O projecto na área de agricultura e ambiente, denominado Terra de Valor, prevê de entre as suas actividades implementar uma análise participativa de duas cadeias de valores, nomeadamente horto-fruticultura e produtos lacticínios.

A informação foi avançada pelo coordenador do projecto, Leonardo Di Blanda, na sequência da abertura de uma formação destinada a jovens e mulheres sobre conceitos de género e novas formas de masculinidade e o impacto dos desequilíbrios de género na agropecuária que termina hoje na cidade de São Filipe.

Com duração de três anos, o projecto é financiado pela Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AICS) e a sua implementação envolve várias parcerias, nomeadamente Coopermondo, COSPE onlus, Citi-Habitat, Laço Branco, câmaras, Ministério da Agricultura.

A formação sobre conceitos de género e novas formas de masculinidade é a primeira actividade que o projecto está a implementar depois de um longo período da pandemia e da covid-19, disse Leonardo Di Blanda, lembrando que tem como público-alvo os jovens e as mulheres e o seu objectivo é valorizar a agricultura, criar uma mudança no público-alvo a partir das suas escolhas.

Apesar de formalmente o projecto ter iniciado em Março de 2020, a implementação das diferentes acções está na fase do começo, com actividades ligadas a adaptação de mudanças climáticas e análise participativa de duas cadeias de valores, nos sectores de horto-fruticultura e dos lacticínios.

O coordenador disse ainda que vão ser promovidas novas tecnologias ligadas à agroecologia, mas também ter “um foco especial” sobre o cooperativismo com o fortalecimento das cooperativas tanto na ilha do Fogo como na de Santiago, concretamente no concelho de Santa Cruz.

De entre as actividades prevê ainda a criação de uma mesa de diálogo municipal sobre o desenvolvimento rural onde são convidados diferentes actores com interesse na matéria como agricultores, produtores, instituto de pesquisas, Ministério da Agricultura, câmaras municipais, para em conjunto encontrar soluções para o desenvolvimento local e fazer propostas para elaboração de políticas públicas para apoiar a agricultura.

A mesma fonte indicou que o projecto tem muitas actividades para as pessoas que têm muitas ideias para criar empresa, mas não tem ferramentas para traduzir as ideias em acções práticas, sublinhando que o projecto vai dar acompanhamento para que as pessoas comecem a criar as empresas.

De Março a Novembro do ano passado devido a pandemia o projecto realizou mais acções de análises, definição de estudos de beneficiários, inquérito sobre a covid-19, mas a partir de Novembro de 2020 começou a planificar as actividades a serem implementadas, disse.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos