Fogo: Profissionais das estruturas da região Sanitária Fogo/Brava motivados e engajados para vacinação – director

São Filipe, 19 Mar (Inforpress) – Os profissionais de saúde da região sanitária Fogo/Brava estão motivados e engajados no processo de vacinação contra a covid-19, iniciada hoje no hospital regional São Francisco de Assis.

O director da região sanitária e do hospital regional, Evandro Monteiro, que juntamente com a delegada de Saúde de São Filipe e a médica Sheila Alfama, foram os primeiros profissionais a receber a vacina, disse que “há muita motivação e engajamento”.

Segundo Evandro Monteiro, a vacinação representa, confiando nos resultados científicos, que os profissionais estarão melhor preparados porque passam a ter capacidade de defesa através da imunização e com mais à vontade para o exercício da profissão.

Segundo Monteiro doravante vão actuar seguindo as medidas mas conscientes de que têm mais defesas naturais e, de longe, melhor preparados, engajados e com mais afinco para seguir este processo de luta contra a covid-19 a nível da ilha e do país.

“Para um profissional de saúde este momento e acto representa um momento de satisfação enorme e de concretização de todo um percurso dado que, a nível do país, estamos a falar de um ano do primeiro caso e na região sanitária de aproximadamente nove meses”, referiu Evandro Monteiro.

Ao todo serão vacinados entre 150 a 200 profissionais de saúde das estruturas da ilha do Fogo, desde médicos, enfermeiros, seguranças, agentes de serviços gerais, agentes sanitários, nutricionistas e todas as pessoas que estão a trabalhar no hospital em qualquer área.

Em relação à covid-19 Evandro Monteiro indicou que neste momento a situação está “razoavelmente controlada” e, pelos dados disponíveis, os Mosteiros tem zero casos activos, São Filipe com menos de 20 assim com Santa Catarina, sublinhando que “houve uma resposta muito satisfatória”.

Segundo o Evandro Monteiro, ter a situação controlada não depende só da vacinação, mas é necessário ter informações atualizadas e seguimento epidemiológico da pandemia, salientando que as estruturas de saúde conhecem os casos positivos e estão a dar o seguimento.

O processo de vacinação dos profissionais de saúde da ilha prossegue na próxima segunda-feira, 22.

JR/HF

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos