Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Obras de requalificação da orla marítima de Beco concluídas dentro de cinco semanas – Fábio Vieira

Mosteiros, 28 Mai (Inforpress) – As obras de requalificação da orla marítima de Beco, na cidade de Igreja, Mosteiros, devem ficar concluídas dentro de cinco semanas, disse à Inforpress o presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros, Fábio Vieira.

As obras, que enfrentaram alguns contratempos devido à pandemia da covid-19 que causou a paralisação durante algum tempo, estão neste momento na recta final e o presidente da câmara acredita que dentro de cinco semanas, no máximo, as mesmas estarão concluídas.

A colocação de pavês na zona de acesso à praia, a construção de muros de protecção e a preparação da cobertura da área cultural (quiosque-bar) estão na fase de acabamento e estima-se que na primeira quinzena de Julho estará concluída a requalificação.

O projecto de requalificação da orla marítima e de expansão da praia de Beco conta com financiamento do Ministério do Turismo e Transportes, através do Fundo de Sustentabilidade Social para o Turismo (FSST), no valor aproximado de 40 mil contos e a sua execução permite transformar a zona de Beco e área circundante num espaço cultural e de lazer, mais atractivo e agradável para a população dos Mosteiros e visitantes.

A requalificação da orla marítima de Beco encaixa-se num projecto maior que prevê a expansão da requalificação da orla marítima da cidade de Igreja até Queimada Guincho, cujo orçamento é muito maior e poderá atingir os 100 mil contos.

Assim a orla marítima de Beco será transformada numa piscina natural, com clube náutico e área para as actividades náuticas, e passará a dispor de um espaço cultural e de lazer mais atractivo e agradável, com a construção do anfiteatro a céu aberto com capacidade para 250 lugares, na parte central e com uma configuração oval.

A reabilitação da rampa da antiga delegação aduaneira, a edificação de um mirante e de um quiosque-bar com vista para o mar são outras vertentes do projecto que já estão avançadas.

O presidente da câmara indicou que além destes trabalhos, a câmara está a requalificar todo o muro de protecção junto do auditório municipal visando a sua integração com a casa dos pescadores, igualmente em fase de construção na praia Lantcha.

A casa dos pescadores, adiantou, deverá ficar pronta dentro de cinco semanas, estando neste momento na fase de colocação de pavimento.

Em termos de obras, Fábio Vieira apontou que dentro de duas semanas será retomada a da construção da praça Amadora em Queimada Guincho que está suspensa devido ao incumprimento por parte da empresa responsável pela execução da mesma, sublinhando que se trata de uma obra que está na fase de conclusão.

Quanto ao campo de futebol de Ribeira do Ilhéu, este garantiu que no próximo mês de Junho a empresa responsável pela colocação da relva estará nos Mosteiros para o efeito.

A relva e todos os equipamentos necessários para a colocação da relva encontram-se há cerca de dois meses nos Mosteiros, o piso está pronto e neste momento está a trabalhar no reboco das instalações sanitárias e das bancadas para avançar com a relva.

Este indicou ainda que a equipa camarária reuniu-se na quinta-feira em sessão ordinária e uma das decisões tomadas foi o cancelamento de todas as actividades desportivas e culturais programadas para os meses de Junho e Julho devido à pandemia da covid-19, sublinhando que haverá a reprogramação das mesmas assim que a situação melhorar.

JR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos