Fogo: Obras da requalificação do Estádio 5 de Julho devem ser consignadas esta semana

São Filipe, 13 Jun (Inforpress) – As obras da requalificação e transformação do antigo Estádio 5 de Julho devem ser consignadas esta semana à nova empresa de construção civil vencedora do segundo concurso público para o início dos trabalhos.

A informação foi avançada à Inforpress pelo vereador responsável pelo sector das Infra-estruturas da câmara de São Filipe, Euclides Fernandes, que adiantou que a nova empresa já iniciou o processo de vedação do espaço, depois da conclusão dos trabalhos da demolição de parte dos muros do estádio, que decorria desde a segunda quinzena de Janeiro.

As obras eram para iniciar em meados de Abril, mas a desistência da empresa vencedora do primeiro concurso público obrigou a câmara a realizar um segundo concurso público cuja empresa vencedora foi a AFR Construção.

As obras não se resumem apenas ao estádio, mas também a requalificação de toda a zona circundante, nomeadamente Pé de Campo, parte de Santa Filomena, Ponta Controlo e Cobom, criação de zona pedonal, serviços de lojas e com outros serviços de estádio para transformar e dinamizar estes bairros.

Inicialmente a câmara tinha orçamentado o valor de 120 mil contos para as obras de requalificação do estádio, sem contar com a parte da relva que tem o financiamento da Federação Internacional de Futebol, FIFA, que inclusive já tem uma empresa contratada para executar as obras e parte dos materiais já se encontra na ilha.

Contudo, o valor foi considerado de insuficiente devido a escala de preços dos materiais de construção, facto alegado pela empresa vencedora do primeiro concurso para desistir de realizar as obras.

Perante este cenário, a autarquia de São Filipe elevou o tecto máximo para 150 mil contos e, segundo o vereador, a empresa contratada apresentou uma proposta financeira de pouco mais de 145 mil contos.

Com o novo valor para a execução da obra de requalificação, na globalidade o novo Estádio 5 de Julho representa um investimento na ordem dos 200 mil contos, sendo que mais de 145 mil contos são assegurados pela autarquia e outros 40 mil contos destinados a colocação de novo relvado sintético, balizas, bancos de suplentes e de 4º árbitro é financiado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA).

O novo Estádio 5 de Julho deverá ficar pronto dentro de um ano e terá a sua capacidade mais que duplicada, passando de 700 lugares para 1.500 lugares.

A infraestrutura terá bancadas, balneário para treinos, para equipas, arbitragem, espaços comerciais, sala de controle, sala de conferência de imprensa e cinema local, sala multiuso, espaço para Associação Regional de Futebol, posto médico, sala de fisioterapia, de entre outras componentes.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos