Fogo: Ministra das Infra-estruturas pede à câmara envio de proposta sobre asfaltagem da via Cruz dos Passos/Congresso

São Filipe, 30 Nov (Inforpress) – A ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação pediu hoje à câmara de São Filipe o envio, com máxima brevidade, de uma proposta contendo as alterações e soluções para a asfaltagem da via Cruz dos Passos/Congresso.

A titular da pasta das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, visitou na tarde de hoje as obras de asfaltagem da via de ligação entre o porto de Vale dos Cavaleiros, a cidade e algumas vias urbanas de São Filipe, como Cruz dos Passos a Congresso e largo de Enacol a Congresso com pouco mais de seis quilómetros e que representa um investimento de cerca de 200 mil contos, acompanhado do autarca de São Filipe, Nuías Silva.

O facto de uma das bermas da estrada ter calçada e outra berma pavês, assim como a falta de estacionamento motivou a realização de uma manifestação popular e a câmara insistiu durante a visita na contemplação desses aspectos.

Eunice Silva avançou que se coloca o problema do estacionamento e dos passeios porque é uma zona muito movimentada, e sublinhou que a visita estava programada antes da realização da manifestação, que é algo normal.

“Estando a obra ainda no início, embora já tenhamos as valetas praticamente todas prontas, e como o momento é para vermos se há algum problema para se corrigir, e, sabendo que o projecto foi consensualizado desde o início, partimos do princípio que as pessoas não conhecem ou não interpretaram bem o projecto”, disse Eunice Silva.

A ministra acrescentou que, como o actual presidente da câmara já expôs os problemas que entende que o Ministério das Infra-estruturas deve dar atenção, observando que o projecto está em execução e que se eventualmente existe algo que não dá satisfação foi pedido à câmara, para no espaço de uma semana, apresentar uma proposta com possíveis alterações e apontar as soluções que, caso forem comportáveis técnica e financeiramente, o Ministério irá avançar com essas alterações.

Além da obra de asfaltagem, Eunice Silva visitou também as obras de construção do acesso ao porto de pesca de Praia-cais na localidade de Relva, cujo financiamento ascende a 24 mil contos, uma obra que está num bom ritmo, entrando na fase de calcetamento e deve ficar concluída no início do próximo ano.

Outra estrada visitada foi a de Campanas de Cima/Piorno, financiada pelo Banco Mundial no valor 250 mil contos, que, conjuntamente com o troço Bangaeira/Piorno, já inaugurado, constitui a segunda via de interligação dos três municípios da ilha do Fogo.

A governante mostrou-se igualmente satisfeita com o ritmo da construção dessa estrada que em termos de engenharia é a obra mais complexa que o Ministério está a trabalhar neste momento e é bom que as pessoas visitem esta estrada, que permite entrar de um lado de cratera e sair do outro lado, com um elemento de segurança importante para as pessoas que vivem na cratera e nas zonas altas, além de permitir observação de paisagem de uma zona muita bonita e rica daí a sua importância também para o escoamento de produtos.

Antes de visitar a estrada Piorno/Campanas de Cima, Eunice Silva e a delegação que a acompanha, passaram por Chã das Caldeiras com visitas às obras das redes técnicas e viária de Bangaeira e Portela e que contempla redes de água, electricidade e esgoto em cada casa passa a ter uma caixa de acesso a esses bens à porta e a rede viária com passeios.

Igualmente visitou as obras da reabilitação e ampliação da Cadeia Civil do Fogo, financiada pelo Governo no valor de 85 mil contos.

JR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos