Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Jovem envolvido no incidente de Achada Furna suicidou-se hoje na cadeia civil de São Filipe

São Filipe, 28 Out (Inforpress) – O jovem suspeito de envolvimento na morte de Zezinha Centeio de 29 anos, da localidade de Achada Furna, que o tribunal aplicou na terça-feira a prisão preventiva como medida de coacção suicidou-se hoje na cadeia civil de São Filipe.

Segundo uma fonte da cadeia regional, o acto aconteceu na manhã de hoje, menos de 24 horas depois de ter dado entrada na cadeia, nas instalações prisionais, tendo o mesmo utilizado o lençol para o enforcamento.

A Inforpress esteve há momentos nas imediações da cadeia civil e presenciou a chegada das autoridades judiciais, nomeadamente do Ministério Público, da ambulância e do corpo de Polícia Nacional.

A directora do estabelecimento prisional, Edna Nunes de Pina, confirmou a ocorrência de um caso de suicídio sem avançar mais pormenores, remetendo ao Serviço Penitenciário para obtenção de mais informações.

O suicida respondia pelo nome de Nunes Fernandes tinha 28 anos de idade e era originário da localidade de Achada Furna, local onde na noite de domingo, 25, uma jovem de 29 anos perdeu a vida na sequência do disparado de uma arma de fogo, presumivelmente disparado por ele.

Nunes Fernandes tinha confessado a um dos outros dois jovens envolvidos no caso de que iria suicidar-se caso o tribunal o enviasse para a cadeia.

Recorda-se que o tribunal decidiu terça-feira, às 11:00 sobre a medida de coacção, sendo que a ele foi aplicada a mais gravosa, a prisão preventiva, por alegadamente estar envolvido na morte de Zezinha, e por recair sobre ele indícios de ser o autor do disparo da arma de fogo que provocou a morte da jovem.

Aos outros dois jovens envolvido no incidente de Achada Furna foram aplicadas como medida de coacção o termo de identidade e residência (TIR) com obrigatoriedade de apresentação periódica, todas as sextas-feiras, às autoridades e a interdição de saída da ilha.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos