Fogo: Jardim Denise e Fundação Padre Ottavio Fasano entregam 2.400 óculos disponibilizados pela Lions Clubs às comunidades

São Filipe, 27 Jun (Inforpress) – O jardim infantil Denise e a Fundação Padre Ottavio Fasano procederam à entrega de 2.400 óculos disponibilizados pela Lions Clubs Internacional, às comunidades de Ponta Verde, Achada Mentirosa e S. Jorge.

A cerimónia de entrega dos óculos às comunidades, através das associações de desenvolvimento comunitária ocorreu, esta sexta-feira, nas instalações da igreja de Nossa Senhora de Fátima, no povoado de Ponta Verde, zona norte de São Filipe.

O jornalista italiano com residência temporária na cidade de São Filipe, Danilo Riva Cambrino, e que está ligado a Lions Clubs Internacional, uma organização não-governamental voltada para serviços humanitários, avançou que os 2.400 óculos, sendo 1.200 de sol e mais 1.200 de leitura, foram recolhidos por esta organização e visa apoiar as pessoas mais desfavorecidas e que necessitam.

“Hoje é um dia muito importante para o jardim Denise, a Fundação Padre Ottavio Fasano, Lions Clubs Internacional devido à entrega dos 2.400 óculos”, indicou Danilo Riva Cambrino, observando que anualmente a Lions promove campanha de recolha de óculos para ajudar as pessoas com problemas.

Segundo o mesmo, este é o quinto ano que se faz a distribuição de óculos de sol e de leitura na ilha do Fogo, sendo que no ano passado entregou ao hospital regional perto de mil óculos, sublinhando que Lions Clubs Internacional promove acção do género em 71 países a nível mundial.

Anualmente esta organização não-governamental disponibiliza 1.200 óculos, mas este ano o número é maior porque em 2016 o barco que transportou os óculos teve um problema e o material ficou retido na ilha da Boa Vista por um período de oito meses e em 2018 o material chegou de Itália com muito atraso e não possibilitou a sua entrega na altura, razão porque só agora foi possível disponibilizar os óculos ao jardim Denise e a Fundação Padre Ottavio Fasano.

Quer Danilo Riva Cambrino como o casal que financiou a construção do jardim Denise e que financia o seu funcionamento, e outras personalidades presentes na cerimónia, informaram as associações de que os óculos de leitura só devem ser disponibilizados às pessoas após consulta médica num especialista na área de oftalmologia.

O presidente da associação de desenvolvimento comunitária de Ponta Verde, Agro Verde, Henrique Cardoso, destacou a importância do donativo, porque, explicou, vai cobrir uma comunidade extensão em termos territorial (Achada Mentirosa, Ponta Verde e S. Jorge) e com um grande número de famílias, muitas delas vulneráveis, que em várias ocasiões realizaram as consultas de especialidade e ficavam com as receitas nas mãos à procura de uma mão solidária para ajudar na aquisição dos óculos.

“Por isso o donativo chegou numa boa hora e vai resolver alguns problemas”, referiu Henrique Cardoso que aproveitou a ocasião para, em nome das associações e das comunidades beneficiadas, agradecer por este gesto de solidariedade.

Recorda-se que além dos óculos, Danilo Riva Cambrino mobiliza na Itália roupas, calçados, brinquedos para distribuir às crianças, do jardim Denise e não só, assim como ajuda no funcionamento deste infantário cuja construção e funcionamento conta com financiamento de uma família italiana.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos