Fogo/Dia do Município: Manu Lima, BIG-Z Patronato e Nelson Freitas arrastaram multidões para o Presídio

São Filipe, 01 Mai (Inforpress) – A Praça do Presídio registou, na noite do dia 30 de Abril a sua maior enchente nesta edição 2022 das festividades do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, não obstante o preço inflacionado dos bilhetes.

Inicialmente, os bilhetes começaram a ser vendidos por 1.500 escudos e ao meio da tarde o preço passou para 2.000 escudos, o que originou muita crítica nas redes sociais, mas nem por isso impactou negativamente a entrada no recinto que estava “praticamente cheio.

Manú Lima, da banda Cabo Verde Show, cativou o público presente com interpretação de vários temas deste agrupamento musical, seguindo depois BIG-Z Patronato que levou ao delírio os seus fãs que acompanhava o artista na interpretação das suas músicas.

Outros artistas passaram pelo palco das principais actividades culturais do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, como Toni Fika, Buguin Martins, Gama, Junne Freedon (artista foguense radicado nos Estados Unidos da América) e Nelson Freitas.

A festa prolongou-se pela madrugada e ainda por volta das 08:00 de hoje, quer nas proximidades do Presidio, como nos bairros de Santa Filomena, Congresso e outros, registava-se movimentações de jovens que regressavam do Presídio, num clima de festa só comparado com o período anterior à pandemia.

A satisfação não se resumia apenas aos festivaleiros, mas também aos pequenos operadores económicos, quer no interior, quer no exterior da Praça do Presídio e nos bares e restaurantes localizados nas proximidades.

Alguns deles, contactados pela Inforpress, classificaram a quarta noite como a melhor de todas até este momento em movimento de pessoas nas suas barracas e nas vendas, contrastando com as duas primeiras noites em que praticamente não venderam.

Muitas pessoas tiveram de deixar as suas viaturas a uma distância considerável do local do baile, porque os espaços para estacionamento na parte baixa eram insuficiente para um número de carros nunca dantes vistos.

No interior do Presídio, além da equipa de segurança privada, era visível a presença de agentes da Polícia Nacional, garantindo a segurança e a ordem no espaço, mas também equipa de saneamento na recolha, quase em tempo real, de garrafas e copos de plásticos, já que não foi permitido a venda de bebidas em garrafas de vidros.

Hoje, dia dedicado ao Santo Filipe, primeiro nome atribuído à ilha do Fogo, foi de alvorada com música, tambores e foguetes, tendo o grupo de tamboreiros e coladeiras saído da Casa das Bandeiras para a primeira corrida no Alto de São Pedro.

Seguiu-se a celebração da missa e procissão, almoço dos cavaleiros e convidados e, logo mais à tarde, realizam-se as cavalhadas com provas de perícia, antes da passagem da bandeira para o festeiro de 2023.

Para fechar as festividades do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe, edição 2022, realiza-se a quinta e última noite do baile no Presídio, com Yola Semedo, Bulimundo, Kinzin – artista da ilha residente nos Estados Unidos da América, Ader Pina & C Montana, Blessed & Tylores, Nelson Júnior e Kelly.

Não há registos incidentes, embora algumas pessoas, sobretudo jovens, tenham sido conduzidas à esquadra policial.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos