Fogo/Dia do Município: Comissão organizadora de corrida de cavalos decidiu realizar fase final depois do encontro com proprietários

São Filipe, 29 Abr (Inforpress) – A comissão organizadora das tradicionais corridas de cavalos das festividades do Dia do Município e da Bandeira de São Filipe decidiu pela realização da fase final da prova depois de uma reunião de emergência com os proprietários.

A reunião foi motivada pela morte de três cavalos, dois dos quais estavam apurados para a fase final e constavam da primeira série da final, nomeadamente “Foguete” do proprietário Norberto Araújo (Fogo) e “Vulcão” do proprietário Cloves Teixeira (Fogo).

Após a reunião o proprietário de cavalos, Salomão Amado, contactado pela Inforpress disse que na reunião decidiu-se pela realização da fase final da prova de hipismo que deverá contar com cinco ou seis cavalos, já que o “Brazão” de Clayton Alves (Fogo) que está a recuperar-se continua na lista de cavalos a participar na final.

Para preencher as duas vagas, a comissão organizadora, no encontro com os proprietários, decidiu avançar com os cavalos que se posicionaram em segundo lugar da primeira e terceira séries da primeira fase, vencidas pelo “Vulcão” e “Foguete”, respectivamente.

Com a decisão saída do encontro de emergência, a primeira série fica formada pelos cavalos “Nimocis” de Salomão Amado (Fogo), “Furacão” do proprietário Ivandro Rodrigues (Santo Antão), em substituição de “Vulcão”, “Alderman” do proprietário Erick Silva (Santo Antão), em substituição do “Foguete”, e a segunda série pelos cavalos “Badia”, “Brazão” (ainda em dúvida) e “Airley”.

Com relação aos prémios, na reunião decidiu pela atribuição do prémio normalmente, e a câmara municipal comprometeu-se em encontrar formas de apoiar e minimizar os prejuízos dos proprietários.

Recorde-se que a câmara municipal duplicou o valor do primeiro prémio que passou assim de 250 para 500 contos e aumentou os prémios de segundo e terceiro classificados, passando de 200 para 250 e de 180 para 200 contos.

O valor do quarto, quinto e sexto classificados mantêm-se inalteráveis em 150, 130 e 100 contos, respectivamente, e o prémio de participação contínua em 10 contos.

JR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos