Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Corrida de cavalos das festividades da bandeira pela primeira vez sem público e com transmissão online – vereador

São Filipe, 27 Abr (Inforpress) – A tradicional corrida de cavalos, actividade das festividades da bandeira e do dia do município que habitualmente arrasta maior número de pessoas, vai ser realizada este ano à porta fechada e com transmissão online.

Depois da sua não realização no ano passado devido a pandemia da covid-19, a prova que tradicionalmente se realiza nos dias 27 e 29 de Abril, mas que este ano acontece nos dias 28 e 30, foi autorizada depois da organização, no âmbito da abertura das actividades desportivas, ter submetido um plano de contingência às autoridades sanitárias, comprometendo-se a realizar a prova sem a presença de público.

Depois de vários encontros a organização que integra os proprietários de cavalos e amantes do hipismo, sendo o último realizado no final da tarde de segunda-feira, 26, ficou decidido a realização da prova, embora o valor dos prémios só hoje será definido e por isso o vereador do desporto da Câmara de São Filipe, João José Canuto não quis avançar se o montante será igual, superior ou inferior ao de 2019.

A prova conta com a participação de 15 cavalos sendo 12 da ilha do Fogo (Criston, Foguete, Nimocis, Badia, Fogo, Vulcão, Airley, Furacão, Príncipe, Armando Cunha, Tripolia e Brazão) e três das ilhas de Santo Antão/S.Vicente (Eityana, Supercopa e Alderman).

No encontro de segunda-feira foi definido o sorteio para a primeira fase que acontece na quarta-feira e de onde sairá seis cavalos para a fase final, sendo três séries de três cavalos e outras três séries de dois cavalos.

A 1ª série é composta pelos cavalos Criston, Foguete, Nimocis, a 2ª por Badia, Fogo e Supercopa, a 3ª por Vulcão e Eityana, a 4ª por Airley, Furacão, Príncipe, 5ª  por Armando Cunha e Alderman e a 6ª por Tripolia e Brazão.

Dos 12 cavalos da ilha do Fogo inscritos para a prova de hipismo, seis são estreantes e vão participar pela primeira vez na corrida, mas a organização indicou que dos cavalos vindos das ilhas de Santo Antão e São Vicente ao menos um vai participar pela primeira vez.

Na segunda-feira,26,  a pedido da organização da corrida, técnicos de uma das empresas da telecomunicação encontravam-se nas imediações do hipódromo a proceder a instalação de cabos de fibra óptica para permitir a transmissão da corrida em tempo real já que o acesso de pessoas ao espaço vai ser vedado.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos