Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Corpo da jovem de 20 anos que estava desaparecida encontrado enterrado a menos de mil metros da casa dos pais

São Filipe, 25 Fev (Inforpress) – O corpo da jovem de 20 anos da localidade de Curral Grande, desaparecida de casa há 18 dias, foi encontrado hoje pelas autoridades judiciais a menos de um quilómetro da casa dos pais.

A investigação da Polícia Científica (PJ) desembocou na tarde de hoje com o levantamento do cadáver do sítio onde se encontrava enterrado após o suspeito, o seu ex-companheiro ter, supostamente, confessado a autoria do crime, tendo as autoridades judiciais, policiais e de saúde deslocado ao local indicado, onde a equipa de bombeiro procedeu à escavação e o levantamento dos restos mortais.

A delegada de Saúde de São Filipe, Joana Alves, que esteve no local a fazer o levantamento do corpo, limitou-se a dizer que o mesmo estava em avançado estado de decomposição e por isso ordenou a realização do enterro logo depois.

As autoridades judiciais e de saúde deslocaram ao sitio indicado pelo suspeito, que se encontra detido, por volta das 14:00 horas e o levantamento do corpo aconteceu já depois das 18:00 horas.

O local estava vedado às pessoas, porque além do levantamento dos restos mortais, a Polícia Judiciária continua no local com o principal suspeito a fazer o levantamento de eventuais provas de crime.

Pelo estado avançado de decomposição, um elemento que esteve envolvido no processo avançou à Inforpress que o possível homicídio e enterrado terá ocorrido no dia 07 de Fevereiro, mesmo no dia em que a jovem teria deixado a casa da família para ir buscar uma encomenda nas proximidades do sítio onde foi encontrado o corpo.

O principal suspeito, que terá passado as informações da localização do sítio onde o corpo se encontrava, participou no processo de busca, acompanhando os familiares, desde o dia 08 de Fevereiro, dia seguinte ao desaparecimento, o que levou a família e os amigos a não suspeitarem do mesmo.

O desfecho deste desaparecimento deixou revoltado, não só os familiares, como a própria comunidade de Curral Grande, zona norte do município de São Filipe.

O pai da jovem de Clarice Fernandes, que vive nos Estados Unidos da América e que regressou há sensivelmente duas semanas para acompanhar as buscas, mostrou-se desgastado com as autoridades, que segundo o mesmo devia ter dado mais atenção desde o dia em que as autoridades foram informadas da ocorrência.

Não foi possível obter informações mais detalhadas nem da Policia Nacional e nem da Policia Judiciária que ainda continuam o processo investigativo, devendo o principal suspeito ser apresentado na sexta-feira ou no sábado para o primeiro interrogatório judicial e aplicação de medida de coação.

Clarice Fernandes deixou uma filha de um ano e três meses.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos