Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Consignadas obras no quadro do Poser que irão beneficiar dez famílias da zona de Outra Banda

São Filipe, 29 Abr Mar (Inforpress) – O Programa de Oportunidades Socioeconómicas no Meio Rural (Poser Clima) consignou, quarta-feira, 28, as obras do projecto na área de agricultura que vão beneficiar dez famílias da localidade de Outra Banda, zona norte de São Filipe.

O projecto que consiste no equipamento de um furo agricultura e construção do respectivo campo solar para alimentar todo o sistema, extensão da rede de água e preparação e instalação de mais de dois hectares de terreno para desenvolvimento de fruticultura e horticultura, que beneficiará um total de dez famílias com parcelas de dois a dois mil e quinhentos metros quadrados.

Orçado em mais de 11 mil contos, o projecto foi adjudicado à empresa Elevo, que tem um prazo de 150 dias para conclusão dos trabalhos.

As obras de empreitada de Cabeça Fundão, município de Santa Catarina do Fogo, por seu lado, que tinham sido adjudicadas no passado mês de Março a uma empresa, já se iniciaram e visam a construção de dois reservatórios de 300 e 100 metros cúbicos cada, para beneficiar o sector agropecuário e para o consumo humano.

O responsável do programa Poser, Elias Montrond disse que o reservatório de 300 metros se destina ao sector pecuário e a água da chuva será captada através da estrada asfaltada, enquanto o outro de 100 metros cúbicos destina-se ao consumo da população da localidade.

Além da construção dos dois reservatórios (lote um), a empreitada contempla um segundo lote, que visa o equipamento de dois furos de prospecção de água subterrânea nas proximidades de Monte Genebra e os respectivos campos solares, destinado a agricultura, sendo que no conjunto o investimento global ronda os 28 mil contos.

As obras estão relacionadas com o projecto hidroagrícola de valorização e utilização eficiente de recursos naturais na ilha do Fogo e conta com financiamento do Governo, Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e Fundo Fiduciário Espanhol (FFE).

Hoje, chegou à ilha uma missão integrando representantes do Instituto Cabo-verdiano de Igualdade e Equidade do Género (ICIEG) e da comunicação do próprio programa para acompanhamento dos beneficiários dos projectos, sobretudo mulheres e jovens mulheres e para seguimento das actividades no terreno.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos