Fogo/Conservação Tartarugas: Megacampanha de limpeza vai cobrir as principais praias da ilha – coordenadora de projecto (c/áudio)

São Filipe, 14 Mai (Inforpress) – A megacampanha de limpeza, iniciada hoje, vai cobrir as principais praias dos três municípios da ilha do Fogo, disse a coordenadora do projecto de conservação das tartarugas marinhas na ilha do Fogo e nos Ilhéus Rombos, Carla Lopes.

A campanha promovida pela Associação Projecto Vitó, uma organização não-governamental que desde 2009 actua na protecção da biodiversidade, enquadra-se, segundo Carla Lopes, nas actividades realizadas anualmente na temporada de desova de tartarugas marinhas.

“Elaboramos um cronograma de limpeza das praias que inicia, hoje, nas praias de São Filipe, mas o objectivo é continuar nos outros municípios, e no dia 21 de Maio será nas praias do município dos Mosteiros, no dia 28 nas praias do município de Santa Catarina do Fogo e no dia 05 de Junho, Dia Mundial do Ambiente, e para fechar a campanha, na praia de Salinas, zona norte de São Filipe”, disse Carla Lopes.

Para esta actividade a associação conta com envolvimento dos parceiros locais, como membros do conselho local da Cruz Vermelha, Polícia Nacional, Serviço de Saneamento da câmara de São Filipe e de várias outras instituições, públicas e privadas, para preparar as praias para a desova das tartarugas marinhas, mas também para a manutenção das praias limpas tendo em conta que o lixo afecta a biodiversidade.

Nesta megacampanha, iniciada antes das 07:00, os voluntários foram divididos em três grupos com mais de 20 pessoas cada, distribuídos pelas praias de Nossa Senhora da Encarnação, Fonte Vila e Marmulano, nas proximidades do porto de Vale dos Cavaleiros.

Uma das praias contempladas com a campanha de limpeza, a de Fonte Vila, integra a lista das praias “mais fantásticas de África” da Flight Network (colectivo de agentes e publicações ligadas ao turismo), ocupando a 28ª posição.

No ano passado, no quadro do projecto de “promoção da conservação das tartarugas marinhas na ilha do Fogo e nos ilhéus do Rombo”, a associação registou o maior número de ninhos e de rastos de tartarugas nas praias da ilha do Fogo e do Ilhéu de Cima (Ilhéus Rombos).

Os dados estatísticos indicam que na ilha do Fogo foram contabilizados um total de 2.649 ninhos e igual número de rastos e no Ilhéu de Cima 6.835 ninhos e 16.124. Em conjunto foram registados cerca de 9.500 ninhos e cerca de 19 mil rastos de tartarugas.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos