Fogo: Comissão Política Regional do PAICV visita obras municipais e governamentais em execução

São Filipe, 11 Jan (Inforpress) – A Comissão Política Regional do PAICV-Fogo realiza hoje uma visita a algumas obras municipais e governamentais em execução na cidade de São Filipe para tomar pulso ao processo de desenvolvimento do município e da ilha.

Através de uma nota de imprensa a Comissão Política Regional salienta que são visitadas as obras municipais da construção da piscina municipal, requalificação das praças de Cruz dos Passos, Presídio e Cruz Vermelha e da construção do estádio 5 de Julho.

As obras municipais a serem visitadas serão concluídas no decurso de 2023, sendo a mais estruturante, o estádio 5 de Julho, cujo prazo para a conclusão é Setembro de 2023.

O presidente da Comissão Política Regional do PAICV-Fogo, Luís Nunes, disse que serão visitadas as obras de requalificação do centro histórico e asfaltagem de algumas artérias da parte alta da cidade de São Filipe, incluindo o acesso ao porto de Vale dos Cavaleiros.

As obras de asfaltagem cobrem as vias que vão da rotunda junta da esquadra da Polícia Nacional, passando por Cruz dos Passos, Xaguate até o porto de Vale dos Cavaleiros, numa extensão de 3.5 quilómetros, Cruz dos Passos/Santa Filomena/Congresso com 1.2 quilómetros e largo de Enacol/Congresso com 1.4 quilómetros, totalizando assim 6.1 quilómetros.

As obras, financiadas pelo Governo, no valor de mais de 172 mil contos (172.579 contos) iniciaram em Agosto de 2020 e deviam ser concluídas num prazo de cinco meses, isto é Janeiro de 2021.

Já a requalificação do centro histórico que consiste na reabilitação do pavimento através da substituição da calçada actual por uma nova em paralelo basáltico, foi adjudicada à empresa responsável pela sua execução em Março de 2020, há sensivelmente três anos.

Ao todo o projecto de requalificação do centro histórico prevê intervenção numa área de 40 mil metros quadrados visando a criação de condições de segurança e conforto das zonas de estadias de peões, sendo que o investimento inicial era superior a 66 mil contos, valor que sofreu alteração com a reformulação do projecto que terá parte das vias asfaltadas e passeios com pavês fora do núcleo histórico.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos