Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Câmara Municipal de São Filipe vai abrir delegação municipal em Brockton (EUA) para servir diáspora – Nuías Silva

São Filipe, 17 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Filipe está a trabalhar para abrir uma delegação municipal em Brockton, Estados Unidos da América (EUA) para servir a comunidade são-filipense radicada naquele País.

O presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, disse que a autarquia que preside quer levar serviços desmaterializados para todas as comunidades, sublinhando que o quadro legal permite, através das tecnologias, disponibilizar os serviços.

“Vamos disponibilizar, através do nosso portal que estamos a reestruturar, já que está inactivo desde 2016, e trabalhar para dentro de meses relançar o portal com serviços online, onde as pessoas podem pagar impostos únicos sobre património (IUP), imposto de circulação de automóveis e outras tramitações electrónicas de processos e de pedidos”, disse Nuías Silva.

Silva não escondeu que tem “um grande sonho” e está a trabalhar nele para que São Filipe seja a primeira câmara municipal do país a materializar a ideia que é abrir uma delegação municipal em Brockton (EUA) para servir toda a comunidade.

Segundo o edil são-filipense com materialização da ideia a comunidade emigrada nos EUA poderá ir neste espaço fazer o seu pedido e tratar a documentação como se estivesse em Cabo Verde, destacando que se trata da mesma plataforma que vai utilizar para abrir a delegação de Patim e de Ponta Verde para servir as comunidades das zonas sul e norte, respectivamente.

Nuías Silva indicou que prometeu transformar e inovar São Filipe e que vai fazer, observando que o quadro legal permite a abertura da delegação, mas a forma de sua concretização e o prazo serão socializados.

Quanto ao gabinete do emigrante que foi inaugurado no mandato 2012/16, Nuías Silva indicou que São Filipe não tem, neste momento, gabinete de emigrante contrariamente a muitas outras câmaras.

Para a autarquia de São Filipe, explicou, o emigrante é uma política interna e a câmara vai criar condições para que o emigrante tenha acesso facilitado aos serviços, mas não vai criar discriminações relativamente aos munícipes, diferenciando emigrantes dos munícipes internos.

“Os munícipes são-filipenses estão em São Filipe, nas ilhas e na imensa diáspora e tudo aquilo que pensamos da política interna da câmara municipal tem em conta esta tripla dimensão do munícipe de São Filipe”, disse o autarca, referindo que o espaço onde ainda consta uma placa inaugurativa do gabinete de emigrante, mas que não funcionou durante o mandato de 2016/20, funciona como gabinete de Inclusão Social.

Este serviço vai ser deslocalizado para o antigo centro de juventude, que está sendo remodelado, e que deve abrir nos próximos dias, e no espaço ocupado pela Inclusão Social vai nascer a incubadora municipal para projectar o empreendedorismo, dar oportunidades aos jovens e pessoas com ideias de negócios.

“Prometemos dar oportunidade e criar emprego e a forma passa pela dinamização do tecido empresarial, criação de empregos, empreendedorismo e fomento empresarial”, disse.

Nuías Silva indicou que as delegações de Patim e de Brockton serão implementadas ainda este ano, seguindo para o ano a instalação da delegação de Ponta Verde porque, explicou, a autarquia não pode materializar de uma só vez todos os projectos por limitações financeiras já que a boa vontade, ideias ou força de trabalho existem.

JR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos