Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Câmara e estruturas de Saúde vão definir forma de gestão da clínica móvel de Saúde para servir comunidades – Nuías Silva

São Filipe, 17 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Filipe e a delegacia de Saúde vão definir, nos próximos dias, a forma de gestão da clínica móvel de Saúde para prestação dos cuidados de saúde nas comunidades do interior.

A informação foi avançada esta sexta-feira, 16, na localidade de Pedro Homem, pelo presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, durante a cerimónia oficial de entrega da clínica móvel, fruto da doação de um emigrante nos Estados Unidos da América.

“Neste momento a clínica móvel está sob a responsabilidade do município que engloba todas as infra-estruturas e todos os serviços desconcentrados do Estado com sede neste espaço geográfico”, disse o autarca, sublinhando que a autarquia e o Ministério da Saúde, através da delegacia de Saúde e do hospital regional São Francisco de Assis, vão sentar-se à mesa para encontrar a melhor plataforma para que estes instrumentos sirvam os interesses do município.

Nuías Silva admitiu que a ambulância já está a servir no processo de vacinação e que a clínica poderá dar ajuda neste processo, porque, conforme indicou, tem todas as condições para tal.

Silva avançou que “nos próximos dias as partes vão encontrar plataforma da sua utilização em benefício das comunidades e o Ministério da Saúde não ficará fora da gestão”.

O edil são-filipense indicou que quem tem a competência em matéria de Saúde é o Ministério da Saúde que disponibiliza recursos humanos e técnicos necessários para operacionalizar a clínica, que de momento está sendo operacionalizada através de regime de voluntariado de técnicos da Cooperação Cubana e de médicos amigos do Fogo que já se disponibilizaram para consultas médicas especializadas.

“O lema é levar a Saúde mais próxima das comunidades e quem vai gerir a clínica não é muito importante”, referiu, destacando que o objectivo é levar cuidados primários de saúde às pessoas que ficavam fora do sistema, quer por questão de pobreza e dificuldade de se deslocar a São Filipe para ter acesso aos cuidados, quer pela situação de mobilidade e outros.

Os principais beneficiários são os doentes crónicos, as pessoas com idade avançada e que vivem no limiar de pobreza extrema e que sem apoio da câmara municipal e do Ministério da Saúde podiam não ter acesso a estes cuidados”, e apelou aqueles que vão utilizá-la para fazerem bom uso porque, explicou, a clínica móvel de saúde mais a ambulância representam um investimento de 15 mil contos, um valor considerável, mas também por ser um apoio de um emigrante e mostrar a sensibilidade da acção social dos emigrantes.

Nuías Silva agradeceu à família de Maria da Graça Barbosa Brandão e referiu que o foco da autarquia é mobilizar São Filipe e que desde a tomada de posse as questões partidárias e políticas foram colocadas de lado até 2024.

Em representação da família doadora, Eva Ortet indicou que além das duas unidades, ambulância e clínica de saúde móvel, a família Brandão também fez doação ao lar de idoso Madre Tereza de Calcutá, tudo de forma anónima.

Eva Ortet mostrou-se disponível para mobilizar recursos para apoiar São Filipe e o próximo projecto poderá passar pelo sector da pediatria, assim como outros projectos que possam ser materializados junto da mesma família.

A comunidade de Pedro Homem de onde a família é originária agradeceu o apoio que vai servir esta e as demais localidades do município de São Filipe e da própria ilha do Fogo.

A clínica de saúde móvel mobilizada pela Câmara Municipal de São Filipe no âmbito do diálogo estabelecido com parceiros na diáspora, nomeadamente os familiares de Maria da Graça Barbosa Brandão (falecida) e o Project Health CV.

A clínica foi adaptada num conceito inovador de unidade móvel de saúde, possuindo dois gabinetes médicos modernos e rampa de acesso para pessoas com deficiência.

Em termos de equipamentos a clínica dispõe de desfibrilador, monitor de sinais vitais, aspirador de secreções, kit laringoscópio, estadiómetro, balança mecânica e pediátrica, otoscópio, gerador de autonomia, entre outros.

JR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos