Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Anteprojecto de lei que institucionaliza dia nacional de Talaia Baxu socializado com músicos da ilha

São Filipe, 07 Jan (Inforpress) – O anteprojecto de lei que institucionaliza o dia nacional de Talaia Baxu vai ser socializado, sábado, 08, em São Filipe, num encontro entre os deputados do MpD pelo círculo eleitoral do Fogo e os músicos desta ilha.

O deputado do Movimento para a Democracia (MpD) pelo círculo eleitoral da ilha Filipe Santos avançou que o encontro realiza-se na tarde de sábado numa das unidades hoteleiras de São Filipe.

A institucionalização do dia nacional de Talaia Baxu justifica-se pelo facto de este género ser uma das “melhores manifestações artísticas, culturais e musicais da ilha do Fogo, de Cabo Verde e da imensa diáspora”, refere a nota justificativa do anteprojecto de lei, sublinhando ainda que é o género que “mais identifica e caracteriza” a ilha.

O género musical Talaia Baxu, de acordo com o documento, nasceu nos contextos populares mosteirenses nos finais do século XIX, mas em todo o território encontrava-se presente nos momentos de convívio e lazer, manifestando-se de forma espontânea.

Este género musical “evoca a alma, o sentimento, a raiz e a essência dos foguenses estejam onde estiverem, tanto no país como nas comunidades emigradas cantando temas da saudade, a narrativa do quotidiano”, lê-se no anteprojecto de lei que vai ser objecto de socialização com os músicos da ilha.

O documento, que será submetido à Assembleia Nacional, faz o enquadramento histórico de Talaia Baxu e um conjunto de figuras associadas a este género, desde o século XIX até aos dias de hoje.

A instituição do dia nacional de Talaia Baxu visa de entre outros objectivos reconhecer a Talaia Baxu como um dos melhores géneros musicais, artísticas e culturais de Cabo Verde e levar o Governo a reconhece-lo como um dos géneros musicais que possui todas as condições e qualidades para ser o património imaterial nacional.

Homenagear os homens e as mulheres que emprestaram toda a sua classe, criando, cantando e compondo para salvaguardar todo esse riquíssimo legado histórico, chamar atenção da sociedade, particularmente, os jovens para continuarem a compor, interpretar e valorizar este género, promover esta arte musical em todos os sectores da sociedade civil e a sua internacionalização, são outros dos objectivos.

Com esta iniciativa pretende-se igualmente divulgar os diferentes estilos musicais de Talaia Baxu e aplicar os ideais da Unesco, através da Talaia Baxu, como a paz, amizade e união entre as pessoas, sobretudo, entre os cabo-verdianos, permitindo a evolução deste género e troca de experiências.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos