Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Fogo: Ambição oportunidades e diferenciação do mercado são estratégias para retoma económica – Nuías Silva

São Filipe, 24 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, apontou hoje três eixos fundamentais como estratégias da retoma económica na ilha do Fogo pós covid-19, entre os quais a diferenciação do mercado.

Nuías Silva que foi um dos convidados do workshop sobre “as estratégias da retoma económica em Cabo Verde pós covid-19 com foco na ilha do Fogo”, enquadrado na Semana Global do Empreendedorismo, apontou “a ambição, o aproveitamento das oportunidades e a diferenciação dos mercados” como estratégicos para esta retoma.

O edil apelou aos empresários a “pensar grande” e ter empresas capazes de abastecer o mercado da ilha do Fogo, num primeiro momento, mas também os mercados como os de Santiago, Sal e Boa Vista, numa etapa complementar.

Para o autarca, a economia da ilha é “fraca” e é necessário aumentar a capacidade produtiva e competitiva das empresas da ilha do Fogo no pós covid-19, aproveitando as oportunidades que, geralmente, as crises criam, através da diferenciação no reposicionamento do mercado.

Nuías Silva apontou vários sectores económicos, nomeadamente o turismo, investimento no sector agrícola, melhoria da questão da justiça e do próprio código laboral.

No sector agrícola, Nuías Silva salientou que não obstante o potencial, a nível da ilha o sector está fragmentado com produção, mas sem produtos, o que, no dizer do mesmo, implica ter uma cadeia de produção bem definida, desde formação, embalagem até a comercialização dos produtos.

Por sua vez, o director do Centro de Emprego e Formação Profissional, António Cardoso, na sessão de abertura indicou que existe algum sinal de retoma das actividades económicas e mostrou-se convencido e com esperança no desenvolvimento da economia da ilha graças à resiliência dos operadores.

Depois da abertura e da introdução das estratégias, representantes das instituições como a Pró-empresa, o Instituto Nacional da Previdência Social (INPS) e Câmara Municipal de São Filipe apresentaram os aspectos relacionados com as linhas de financiamento, os benefícios da previdência social para os empregadores e empregados, procedimentos legais com fiscos e os benefícios fiscais e requisitos/procedimentos e importância da licença/alvará.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos