Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

FIFA vai investir na colocação de um novo relvado de qualidade no Estádio da Várzea

Cidade da Praia, 04 Set (Inforpress) – O Estádio da Várzea vai ser dotado de uma nova relva sintética, de qualidade, num investimento da FIFA, no quadro da parceria entre a Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) e a Câmara Municipal da Praia, detentora desta infra-estrutura desportiva.

O acordo para que viabiliza a retirada do relvado, colocado desde 2008 e que já se encontra deteriorado, colocando inclusive a integridade física dos atletas em causa, para um novo, de qualidade garantida, “dentro dos padrões de qualidade exigidos pela FIFA” foi assinado esta tarde, entre a FCF e a autarquia da capital, no âmbito do programa “FORWARD”.

Cumprida as formalidades, o processo vai para Zurique, sede da FIFA, para ser analisado inicialmente pela Comissão Regional, num período médio para estudo de “dossiers” de três meses, mas a FCF tem estado a trabalhar junto de um representante da organização que rege o futebol mundial, para redução do prazo, “tendo em conta a urgência”.

A autarquia da Praia propõe uma remodelação completa desta infra-estrutura emblemática, que passa por obras nos balneários, tribuna, pintura do Estádio, de forma a garantir condições de higiénicas e segurança necessárias e indispensáveis, de entre outras remodelações.

Com a assinatura deste acordo, rubricado pelo autarca Óscar Santos e pelo presidente e vice-presidente da FCF, Mário Semedo e Inácio Carvalho, respectivamente, o uso do Estádio da Várzea vai passar em carácter preferencial, por um período de 20 anos, pela federação nacional da modalidade.

Mário Semedo disse que a assinatura deste protocolo reflecte a politica da FCF em criar e estabelecer parcerias com as entidades públicas e privadas, no sentido de apoiar na infra-estruturação desportiva do país, no âmbito do “privilégio que a federação tem junto da FIFA em obter recursos ou concorrer a programas que impossibilitem a infra-estruturação do país”.

A FCF, explicou, já vem trabalhando nesse sentido há já algum tempo, sublinhando que esta parceria com a CMP vem na sequência da abertura do concurso para a requalificação do Estádio Adérito Sena, em São Vicente, e da construção do Centro do Estágio da ilha do Sal, a ser inaugurado este sábado, de entre outros acordos a serem assinados com municípios para a criação de novas infra-estruturas.

Já o edil praiense realçou tratar-se de “uma excelente oportunidade de se fazer uma intervenção no “Estádio da Várzea, que tem uma alta utilização, sobretudo nos campeonatos de Santiago e Cabo Verde” e não só e que a “FCF torna-se um parceiro importante no município da Praia”.

Óscar Duarte asseverou que a autarquia da capital tem feito anualmente investimento enormes em infra-estruturas desportivas, a ponto de a “cidade contar com 15 campos relvados”, fruto de um esforço enorme, com vista a criar alternativas de campos de treinos às equipas da capital, para aliviar o Estádio, que vai retomar o nome Luís da Silva Bastos.

SR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos