Ficase prevê aumentar número de beneficiários de kits escolares neste ano lectivo – presidente

Cidade da Praia, 01 Set (Inforpress) – O presidente da Ficase, Albertino Fernandes, revelou hoje que está a analisar a possibilidade de aumentar o número de beneficiários com kits escolares aos mais desfavorecidos, neste ano lectivo, tendo em conta o aumento de necessidades.

“A nossa meta de beneficiários foi sempre 30 mil alunos, mas, este ano, até podemos aumentar este número. Estamos a estudar essa possibilidade, e é por isso também que estamos a reforçar a nossa campanha de doação de kits escolares”, afirmou.

Em entrevista à Inforpress, Albertino Fernandes explicou que a Ficase tem desenvolvido um conjunto de programas, com realce para o programa kit escolar, o que tem maior visibilidade, neste momento, uma vez que beneficia estudantes com materiais escolares, desde mochilas, batas, cadernos e manuais, a nível nacional.

Sobre este programa, avançou que esta fundação tem apostado em várias campanhas de mobilização de recursos, para além de contar com o financiamento do Estado à volta de 19 mil contos, para desenvolver também diversos outros programas, como a alimentação escolar, bolsas de estudo, pagamento de propinas, transporte escolar, entre outros.

Albertino Fernandes informou que para ano lectivo que se avizinha, com abertura marcada para 19 deste mês, e tendo em conta o acréscimo de necessidades, também causado pelos preços dos materiais escolares, nomeadamente, dos cadernos, por exemplo, que praticamente duplicaram, sublinhou que o Ministério da Educação manteve o preço dos manuais relativamente ao ano passado para manter um certo equilíbrio nas compra.

“Por isso também o nosso desafio é tentar aumentar o número de beneficiários, pelo que estamos a reforçar, para além dos nossos habituais parceiros, estamos a ver a possibilidade de ter mais parceiros porque como costumo dizer, a educação é um bem colectivo”, salientou.

Albertino Fernandes apontou que a Ficase tem no total 17 empresas parceiras, tendo realçado que no ano passado conseguiu cerca de 24 doadores individuais, que fazem a doação através do site, e, em segurança, pelo que aproveitou a oportunidade para lançar um repto no sentido de as pessoas aderirem a esta campanha, com vista a conseguirem mais financiamento para abranger um número superior de beneficiários.

A Fundação Cabo-verdiana de Acção Social e Escolar (Ficase) é uma fundação pública que tem por missão promover a igualdade de oportunidade de acesso às crianças desfavorecidas e poder garantir-lhes o direito à educação.

ET/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos