FIC/25 Anos: Stands esgotados e participação de mais de uma centena de empresas – responsável 

Mindelo, 15 Nov (Inforpress) – A 25ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) principia esta quarta-feira, 16, no Mindelo, com a participação de mais de uma centena de empresas que ocuparão 200 stands já esgotados.

A informação foi avançada à Inforpress pela presidente da FIC, Angélica Fortes, que se mostrou satisfeita por a organização ter conseguido “ultrapassar o desafio” de como realizar o evento em São Vicente, quando as antigas instalações, nas proximidades da praia da Laginha, deram lugar à construção de um hotel.

Este problema, segundo a mesma fonte, foi ultrapassado através da parceria com a Enapor, cujos pavilhões recebem a exposição, e onde foi possível montar 200 stands para acolher mais de cem empresas de vários países.

“Temos convidado mais ou menos 105 empresas, mas o número pode ser maior, com certeza, porque alguns expositores têm vários parceiros e que incluem dentro do stand deles, o que normalmente não fica registado”, explicou Angélica Fortes.

Os stands, ajuntou, já estão “todos esgotados e ocupados” por empresas de quase todos os ramos da economia e de países como Cabo Verde, Portugal, Brasil, Estados Unidos da América, Áustria, Espanha e de países da Comunidade Económica Dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

Sob o lema “25 anos criando oportunidades de negócio”, a presidente da FIC considerou que a feira tem sido uma “arma para o empresariado cabo-verdiano, sua expansão e estabelecimento de parcerias económicas com ganhos enormes”.

“Através de contactos, relações de amizade, criadas através destas feiras, e intercâmbio entre expositores, empresas e países, têm resultado numa atracção efectiva dos investimentos estrangeiros para Cabo Verde. E temos visto uma expansão das vendas das próprias empresas cabo-verdianas”, sublinhou.

Daí que, Angélica Fortes disse acreditar que os resultados da FIC, que acontece em anos alternados na Cidade da Praia e no Mindelo, estão “à vista desarmada” e têm sido “muito importantes” para Cabo Verde.

Além da mostra de empresas, a FIC faz-se com actividades paralelas, organizadas pela Câmara de Comércio do Barlavento (CCB), entre os quais um fórum que reúne os presidentes e responsáveis das empresas com a finalidade de debater as problemáticas do mercado.

Por outro lado, estão agendados encontros de negócios e ainda uma gala que acontece no último dia, sábado, 19.

Neste sentido, a presidente da FIC faz um apelo a população mindelense para que visite a feira, a partir desta quarta-feira, 16, até sábado, 19, das 17:00 às 22:00, e conheça as empresas e faça contactos com empresários de vários países.

LN/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos