Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Federação Internacional de Teqball doa a Cabo Verde equipamentos avaliados em mais de 5.500 contos

Cidade da Praia, 12 Nov. (Inforpress) – A Federação Internacional de Teqball ofertou a Cabo Verde um lote de equipamentos avaliado em mais de 5500 contos, visando a prática e implementação desta novel modalidade desportiva, no país.

Deste lote de equipamentos constam 56 mesas de teqball e 60 bolas que se enquadram no programa já elaborado e virado para a introdução e desenvolvimento do teqball em Cabo Verde, assim como na implementação da modalidade junto das escolas secundárias e clubes de teqball.

O presidente do Comité Paralímpico Cabo-verdiano, Rodrigo Bejarano, que se afigura como ponto focal de Cabo Verde junto da Federação Internacional de Teqball, explicou à Inforpress que este é o esforço dos contactos estabelecidos junto desta organização internacional, aquando dos I Jogos Africanos, realizados em 2019, na ilha do Sal.

A ideia, segundo Bejarano, passa pela distribuição dos equipamentos a nível nacional, isto é, ofertar uma mesa para cada uma das escolas secundárias de Cabo Verde de modo que a modalidade seja implementada no currículo e também ofertar a clubes já definidos, afora das associações.

Para já, está programado para este final de semana, a doação das primeiras mesas da modalidade a três clubes/escolas de formações identificadas na Cidade da Praia.

De momento Cabo Verde já conta com a associações regionais de teqball nas regiões desportivas de Santiago Norte, Santiago Sul, São Vicente, Santo Antão e Sal e tem em processo a criação da associação de São Nicolau, Boa Vista e Maio.

A ideia, revelou, é que até ao final do ano as associações regionais reúnam-se em assembleia-geral electiva, na Cidade da Praia, visando a criação da Federação Cabo-verdiana de Teqball, de forma a responder às exigências da Federação Internacional da modalidade.

Refira-se que Cabo Verde já participou no Campeonato do Mundo, por uma dupla constituída por Rony e Edson, como forma da federação internacional da modalidade, sediada na Hungria, incentivar a prática da modalidade neste arquipélago.

SR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos