Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

FCF vai distribuir prêmios monetários aos clubes e individualidades do Campeonato Nacional e da Taça Cabo Verde

Cidade da Praia, 28 Jun (Inforpress) – A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) procede esta sexta-feira na sua sede em Chã d’Áreia, Cidade da Praia, à entrega de prémios monetários a todos os clubes participantes no Campeonato Nacional e da Taça Cabo Verde, denominado “Taça Caixa”.

De acordo com o regulamento da prova, a Académica da Praia, Campeã Nacional de Futebol, época 2017/18 vai receber um prémio monetário no valor de 200.000$00 pela conquista do campeonato

Às duas equipas finalistas, Académica da Praia e Club Sportivo Mindelense, serão atribuídas um prémio monetário de qualificação para a final no valor de 100.000$00, cada.

Os quatro clubes que alcançaram as meias-finais, isto é, a Académica da Praia, o Mindelense, Palmeira (ilha do Sal) e Foguetões (Santo Antão Norte) têm direito a um prémio monetário no valor de 50.000$00 cada.

Nessa perspectiva, a Académica da Praia acumulou um total de 350.000$00 sem se contar com a verba arrecadada na fase de grupos, ou seja, na primeira etapa, cada vitória em cada uma das seis partidas, valia automaticamente a cada clube um montante de 25.000$00.

Ainda, de acordo com este regulamento, cada um dos 12 clubes participantes nesta edição do Campeonato Nacional 2017/18 será contemplado com um subsídio de 50.000$00.

Para além de prémios colectivos, a FCF vai distinguir monetariamente os atletas individuais que mais se destacaram, com Ró, o avançado da Académica da Praia, a ser contemplado com 25000$00 como prémio atribuído na qualidade do Melhor Jogador do Campeonato Cabo Verde.

Cachito, guardião da Académica da Praia, recebe a mesma importância como o guarda-redes menos batido, assim como Xolote, avançado da Académica do Porto Novo, pela conquista do troféu do melhor marcador, com sete golos em seis jogos.

Já em relação a “Taça Caixa”, o Sporting da Praia, na qualidade de vencedora da prova recebe um cheque de 100.000$00 da patrocinadora da prova na qual João Paulino (Sporting da Praia) foi eleito o melhor jogador, Kelvin (Sporting da Praia), Guarda-redes menos batido, Duda (Santa Maria, Sal), melhor marcador e Gil Mendes (Sporting da Praia), melhor Treinador.

Conforme apurou a Inforpress, a cerimónia servirá também para o lançamento do Campeonato de Cabo Verde de futebol feminino, em sénior.

SR/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos