Ex-seminarista Rui Pedro Nobre foi hoje ordenado diácono da Igreja Católica

 

Ribeira Grande, 01 Jul (Inforpress) – O ribeira-grandense Rui Pedro Nobre, religioso da congregação da Pequena Obra da Divina Providência (Orionitas), foi ordenado diácono durante uma celebração eucarística realizada hoje, em Belo Horizonte, Brasil.

A cerimónia de ordenação diaconal, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, D. Walmer Oliveira Azevedo, realizou-se na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Divina Providencia, na cidade de Belo Horizonte, onde prossegue a sua formação de padre, e, na mesma cerimónia, foram ordenados outros quatro colegas do diácono Rui Pedro.

Este religioso, agora com 40 anos, é natural da cidade da Ribeira Grande, concluiu os estudos filosóficos e teológicos e, neste momento, está na “recta final” de uma pós-graduação em Ciências da Religião e já se prevê que receba o sacramento da Ordem presbiteral (padre) na Ribeira Grande, sua cidade natal, em Março de 2018.

Em Novembro do ano passado, o agora diácono, Rui Pedro Nobre proferiu os votos perpétuos que o ligaram, definitivamente, àquela congregação religiosa, à Igreja Católica e à obediência ao Papa.

Num contacto anterior com a Inforpress, Rui Pedro Nobre disse que desde cedo “sentia o chamado de Deus” na sua vida e foi com a ajuda das irmãs Orionitas que começou a descobrir a sua vocação para a vida religiosa e com elas conheceu o carisma de São Luiz Orione, tendo optado por seguir a vida religiosa como um consagrado orionita, “vivendo o carisma de Dom Orione”.

“Entrei na congregação de São Luiz Orione com os padres orionitas na ilha do Sal, no dia 18 de Setembro de 2007 e a 26 de Dezembro de 2007 ingressei no noviciado na casa de noviciado em São José dos Pinhais, no Paraná, Brasil”, recordou Rui Pedro Nobre que, no dia 28 de Dezembro de 2008 fez os primeiros votos religiosos na Igreja de São Francisco e Santa Clara nessa mesma cidade brasileira.

Rui Pedro Nobre nasceu no dia 08 de Setembro de 1976, filho de João Baptista Nobre Pinto e de Maria Gabriela Fernandes, fez os estudos liceais na Ribeira Grande antes de ingressar na Congregação Orionita, em Setembro de 2007, já com 29 anos de idade.

HF/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos