Ex-presidente da Finlândia encoraja Cabo Verde a continuar a trabalhar no combate à VBG

Cidade da Praia, 04 Mai (Inforpress) – A ex-presidente da Finlândia, Tarja Halonen, que se encontra de visita a Cabo Verde, encorajou hoje o País a continuar a trabalhar no combate à violência baseada no género (VBG) e na garantia para a igualdade de género.

Tarja Halonen, que é também membro do World Leadership Alliance-Club de Madrid (WLA-CdM), falava aos jornalistas à saída de um encontro com o ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire, e disse que Cabo Verde já fez um percurso nesta matéria que precisa ser continuado.

“Acredito que Cabo Verde já fez o básico e sabe o caminho que tem de percorrer. Vocês já tiveram o mesmo trabalho que outros países e isto requer tempo, dinheiro, recursos humanos, mas o caminho tem de ser feito passo a passo. Estamos aqui para encorajar que continuem com esse trabalho”, disse.

A ex-chefe de Estado da Finlândia que se encontra em Cabo Verde a convite da Associação Cabo-verdiana de Luta Contra Violência Baseada no Género (ACLCVBG), sublinhou que Cabo Verde tem trabalhado muito a questão da violência familiar, um problema que realçou está presente em todas as regiões, inclusive no seu país.

Neste sentido, manifestou a sua disponibilidade para cooperar com os futuros projectos em Cabo Verde.

O ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire, por sua vez, sublinhou que Cabo Verde está na fase da revisão da lei especial sobre a VBG, já que com 10 anos de implementação, a mesma precisa de correcções em alguns aspectos visando a melhoria da sua eficácia.

Por outro lado, realçou que Cabo Verde continua a trabalhar no sentido de conseguir a efectiva igualdade de género, pelo que considera “de grande valia” essa visita e a disponibilidade de cooperação da ex-presidente da Finlândia, que também faz parte do club de Madrid, que, afirmou, se relaciona com a União Europeia através do financiamento de várias acções em Cabo Verde.

“Isso passa, por um lado, pelo reforço das parcerias que nós temos com a União Europeia, que tem que ver com a inclusão. O último pacote de ajuda orçamental da União Europeia que já está em marcha dá uma grande prioridade à questão da inclusão, sobretudo à questão da igualdade de género, é isso que nós falamos principalmente na questão do rendimento social da inclusão”, disse.

A visita de três dias visa fomentar um diálogo conjunto para fortalecer o engajamento de actores políticos e entidades públicas quanto à implementação do Roteiro Participativo para a melhoria da implementação da Lei VBG em Cabo Verde.

Para além do encontro com o ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, realizado na manhã de hoje, a ex-presidente da Finlândia, Tarja Halonen, vai durante a sua estada em Cabo Verde manter encontros com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, e outros membros do Governo.

Tem ainda encontros marcados com o Presidente da República, José Maria Neves, e com a primeira-dama, Débora Carvalho, e visita organizações da sociedade civil, devendo a visita culminar com a participação da cerimónia de apresentação do roteiro participativo “Projeto Djuntu pa Igualdadi”.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos