Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Europa dá luz verde ao prolongamento de sanções económicas à Rússia

 

Bruxelas, 23 Jun (Inforpress) – Os líderes europeus deram ‘luz verde’ ao prolongamento por seis meses das sanções económicas pesadas impostas pela União Europeia (UE) à Rússia pelo seu suposto papel no conflito ucraniano, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Estas sanções, impostas no verão de 2014, que visam nomeadamente bancos e empresas russas do sector da Defesa, deveriam acabar no final de Julho.

“Acordo. A UE vai prolongar as sanções económicas contra a Rússia porque não implementa adequadamente os acordos de Minsk”, divulgou Donald Tusk na rede social Twitter.

A Alemanha e a França negociaram, em 2015, com a Ucrânia e a Rússia, os Acordos de Minsk ao abrigo dos quais terminaram os confrontos em larga escala no Leste da Ucrânia entre forças do país e separatistas pró-russos, não se tendo chegado a um cessar-fogo.

Desde Março de 2014, a UE impôs progressivamente um conjunto de medidas restritivas em resposta à anexação ilegal da Crimeia e à desestabilização deliberada da Ucrânia.

Em Março de 2015, os dirigentes da UE decidiram alinhar o regime de sanções existente pela aplicação integral dos Acordos de Minsk, que estava prevista para o final de Dezembro de 2015.

Desde então, e por falta de aplicação na íntegra dos acordos, as sanções foram já prorrogadas por três vezes, terminando o último prazo em 31 de Julho.

Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos