Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Eurodeputado considera Santo Antão uma ilha turisticamente espantosa mas que precisa de um aeroporto

 

Ribeira Grande, 22 Set (Inforpress) – O eurodeputado britânico Charles Tannock confessou-se maravilhado com a beleza da paisagem da ilha de Santo Antão e destacou o grande valor turístico que deverá ser potenciado com a construção de um aeroporto.

“Falei com os senhores presidentes de Câmara acerca dos projectos para a construção de um novo aeroporto porque com essa ligação esta ilha tem imenso potencial turístico” disse Charles Tannock que não se comprometeu com a disponibilização de financiamento da União Europeia (UE) para a construção desse aeroporto porque não faz parte dos órgãos executivos da UE.

“Acho que não é um projecto assim tão caro porque falei com um dos peritos que me disse que ronda à volta dos 25 milhões de Euros” disse Charles Tannock considerando que “é uma soma grande mas não muito elevada para a construção de um aeroporto”.

Embora não possa assumir o compromisso de prometer o financiamento do aeroporto, Charles Tannock mostrou-se aberto a “escrever uma carta à Comissão dizendo que se trata de um projecto de financiamento bem merecido”, caso a questão se colocar no futuro, porque seria um bom investimento para o desenvolvimento de Santo Antão e de Cabo Verde.

“Se a questão se colocar, nós daremos o nosso apoio político”, afiançou Charles Tannock.

O líder da delegação do Parlamento Europeu, de visita à ilha, destacou a cratera do vulcão de Cova, no Planalto Leste, que caracterizou de “turisticamente espantosa”.

“Já viajei pelos continentes todos mas nunca tinha visto uma coisa tão bonita” disse Charles Tannock caracterizando essa paisagem como “algo espantosa e com grande valor turístico”.

Charles Tannock destacou a recepção dispensada pelos três presidentes das Câmaras Municiais da ilha bem como a qualidade de alguns serviços que a delegação visitou, nomeadamente, o hospital regional João Morais que, em seu entender, “é um hospital moderno, bem equipado e com médicos bem preparados tecnicamente”.

“Talvez falte agora a introdução de uma ambulância-helicóptero para evacuações” disse o eurodeputado Charles Tannock, que é médico de profissão, elogiando ainda, a possibilidade do recurso à telemedicina nos casos em que as especificidades de especialização o exigirem.

“Estive em hospitais, em muitos países, muito inferiores ao que eu vi aqui em Santo Antão” disse o eurodeputado Tannock que, mudando de assunto, referiu-se à existência de uma comunidade europeia que, adiantou o europarlamentar, “se sente muito bem aqui em Santo Antão”.

HF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos