Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Estónia pede apoio de Cabo Verde na candidatura a Conselho de Segurança da ONU

Cidade da Praia, 23 Ago (Inforpress) – A Estónia espera contar com o apoio de Cabo Verde ao seu processo de candidatura a membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, informou hoje o membro do parlamento estoniano Mart Nutt.

Esta declaração foi feita á imprensa, pelo porta-voz da delegação do parlamento da Estónia, após o encontro como presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, que defendeu a importância do apoio dos países pequenos nesta frente.

“Estónia está a candidatar-se para o Conselho de Segurança das Nações Unidas para o período 2020-2021 e, com certeza, esperamos o apoio de Cabo Verde nesta caminhada. Será importante, não só pelos interesses do nosso país, mas também para todos os estados pequenos, incluindo Cabo Verde”, observou.

O Conselho de Segurança da ONU é formado por cinco membros permanentes – China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia –, que têm poder de veto, enquanto os outros dez assentos são preenchidos por membros rotativos que cumprem mandatos de dois anos.

Além disso, realçou que os dois países devem trabalhar, também, na perspectiva de alargar a cooperação em múltiplas valências, permitindo, assim, uma parceria “duradoura e eficiente”.

“O mais importante é a cooperação entre os nossos países, cooperação em várias valências. Nós somos países similares, ambos pequenos. Podemos trabalhar nas vertentes em que a Estónia tem grande domínio, em termos de sectores de desenvolvimento, nomeadamente a agricultura, o tratamento da madeira e, sobretudo, as Tecnologias de Informação (Tic)”, sublinhou.

Mart Nutt tem sido uma “presença marcante” no parlamento do seu país, logrando ser eleito por seis vezes consecutivos, um feito que vem dos anos 90, o que lhe valeu o cargo de responsável do Comité Constitucional e do Comité de Assuntos da União Europeia.

O referido político estoniano é também membro da missão de Darfur (Sudão), do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas e da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância e principal organizador da Conferência Anual sobre Direitos Humanos.

HR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos