Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Escola Secundária do Tarrafal abre Sala de Música para ajudar alunos a progredirem na área (c/áudio)

Tarrafal, 23 Jun (Inforpress) – A Escola Secundária do Tarrafal de Santiago inaugurou hoje a Sala de Música que visa ajudar os seus alunos a progredirem na área da música, numa cerimónia presidida pelo ministro da Educação, Amadeu Cruz.

Na ocasião, o titular da pasta da Educação considerou a Escola Secundária do Tarrafal como um “grande exemplo” de cultura e da “boa gestão” de recursos orçamentais, que segundo ele, a permitiu ter hoje uma sala de música para o bem dos alunos, professores e da comunidade.

É que, conforme explicou, a materialização deste projecto é fruto da “boa gestão”, tendo revelado que o ministério que tutela não contribuiu com recursos para aquisições de materiais musicais para a sala de música.

Nesse sentido, disse acreditar que o espaço ora inaugurado vai proporcionar oportunidades para que as crianças, adolescentes e jovens deste estabelecimento de ensino progridam na área da música.

Por sua vez, o sub-director Administrativo, Financeiro e Patrimonial do Agrupamento I (Escola Secundária do Tarrafal), Alcides Semedo, afirmou que a actuação dos alunos no pátio da escola, quer da parte musical e da dança, demonstra que valeu a pena terem apostado na criação desta sala de música.

A sala de música, que conta neste momento com oito teclados, 10 violões, flautas, chocalhes, tambores, num investimento de 500 contos, carece ainda de uma bateria e viola-baixo.

Segundo este responsável, além de servir os alunos, a infra-estrutura vai estar aberta à sociedade, tendo em conta que se pretende aproximar a escola da sociedade.

É que, segundo ele, neste estabelecimento de ensino, além da formação académica e cívica, também se preocupam com formação no sector das artes.

Na ocasião, Alcides Semedo explicou que a materialização deste projecto idealizado há três anos só foi possível graças à boa rentabilização dos recursos que o Ministério da Educação põe à disposição das escolas, neste particular na Escola Secundária do Tarrafal de Santiago.


FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos