Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Encontrados objectos de submarino indonésio desaparecido que indicam que afundou

Banyuwangi, Indonésia, 24 Abr (Inforpress) – A Marinha da Indonésia informou hoje que foram encontrados objectos do submarino que desapareceu esta semana ao largo de Bali, com 53 tripulantes a bordo, que indicam que afundou.

Segundo noticia a Associated Press (AP), o chefe da Marinha indonésia, Yudo Margono, disse hoje que as equipas de resgate encontraram vários objectos do submarino, incluindo peças de um alisador de torpedo, uma garrafa de graxa usada para olear o periscópio e tapetes de oração.

“Com as evidências que descobrimos serem do submarino, passamos agora da fase de submersão para afundado”, afirmou Margono.

A Marinha declarou, assim, o submarino oficialmente afundado, sem esperança de encontrar sobreviventes.

Segundo as autoridades, as reservas de oxigénio para a sua tripulação acabaram ao início do dia de hoje.

Na quinta-feira, o chefe da Marinha da Indonésia afirmou que o submarino desaparecido tinha capacidade para 72 horas de oxigénio.

Em conferência de imprensa, Yudo Margono disse também que as equipas de buscas encontraram uma fonte de grande magnetismo a uma profundidade dentre 50 a 100 metros, que pode dar pistas sobre a localização do submarino.

Mais de 400 pessoas, além de cinco navios e um helicóptero, participam desde quarta-feira nas buscas e resgate do submarino KRI Nanggala-402, fabricado na Alemanha em 1977.

A Marinha de Guerra da Indonésia tem procurado um submarino com 53 pessoas a bordo depois de ter perdido o contacto com o navio no final de exercícios ao largo de Bali.

Um porta-voz da Marinha de Guerra confirmou que o submarino KRI Nanggala 402 não estabeleceu contacto após os exercícios militares em que estava envolvido.

“É verdade que o submarino perdeu o contacto a partir das 03:00 (17:00 de terça-feira em Cabo Verde)”, indicou o almirante Julius Widjojono, porta-voz da Marinha Indonésia.

Os militares estão “nesta altura em busca”, disse o mesmo responsável na altura, sublinhando que, apesar do conhecimento da área, o fundo do mar é muito profundo no arquipélago de Bali.

O comandante das Forças Armadas da Indonésia, Hadi Tjahjanto, disse à France Presse que Jacarta pediu ajuda a Singapura e à Austrália.

A tripulação do submarino, de construção alemã, é composta por 53 elementos e pode encontrar-se a cerca de 700 metros de profundidade a norte de Bali, disse Hadi Tjahjanto.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos